https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/06/MORAES1.jpg

DESENVOLVIMENTO

Núcleo de Apoio aos Arranjos Produtivos realiza reunião técnica

O Núcleo Estadual de Apoio aos Arranjos Produtivos Locais (NEA-APL), vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), realiza nos dias 14 e 15 de junho reunião técnica para levantar demandas e identificar as necessidades dos APLs em Mato Grosso. O encontro acontece das 8h às 12h e das 14h às 18h, na Sedec em Cuiabá.

Participarão da reunião gestores administrativos e governamentais, técnicos e colaboradores do Núcleo e das instituições que o compõem, além de representantes das cadeias produtivas de confecção, apicultura, do setor moveleiro, florestas plantadas e produção de arroz.

No primeiro dia de reunião (14.06 – terça-feira), a coordenadora do Núcleo de Apoio aos Arranjos Produtivos Locais da Paraíba, Dêlma Aquino, irá fazer uma apresentação do trabalho no núcleo no Estado, que funciona desde 2010 e é considerado modelo em todo o país.

“A partir da apresentação do Núcleo da Paraíba, vamos trazer os exemplos de lá que podemos utilizar aqui e também ouvir os municípios, as instituições que fazem parte do Núcleo e o Governo para definirmos as áreas prioritárias a serem desenvolvidas”, explica o coordenador do NEA-APL, Sebastião de Moraes.

Já no segundo dia (15.06 – quarta-feira), representantes dos setores de confecções, apicultura, moveleiro, florestas plantas, produção de arroz e do comitê pró-caju farão apresentações de suas demandas.

Arranjos Produtivos Locais (APL) são aglomerações de empresas, localizadas em um mesmo território, que apresentam especialização produtiva e mantêm vínculos de articulação, interação, cooperação e aprendizagem entre si e com outros atores locais, tais como: governo, associações empresariais, instituições de crédito, ensino e pesquisa.

Objetivos – O núcleo tem como atribuição promover articulação e integração entre os agentes e participantes de APLs, orientar a elaboração dos Planos de Desenvolvimento Preliminares dos APLs selecionados e aprovados, analisar e aprovar a indicação de APLs a serem trabalhados no Estado.

Segundo o secretário adjunto de Empreendedorismo e Investimentos da Sedec, Leopoldo Mendonça, o objetivo é elaborar e propor diretrizes gerais para as ações coordenadas de apoio aos APLs, que concentram em uma mesma área geográfica a cadeia de produção, fornecedores de equipamentos e insumos e prestadores de serviços de uma determinada atividade econômica.

Quinze entidades públicas e privadas fazem parte do Núcleo, sendo elas: Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan), Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz), Gabinete de Articulação e Desenvolvimento Regional (GDR), Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secitec), Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), Empresa Mato-Grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Associação Mato-Grossense dos Municípios (AMM), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato), Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt).

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *