https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/11/taques.jpg

CHAPA QUENTE

Taques chama Maggi de desinformado e diz que crise em MT é culpa de Silval

Divulgação

O governador Pedro Taques (PSDB) criticou, nesta terça-feira (14), o ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP), pela declaração do progressista de que faltou diálogo com os servidores públicos estaduais pela sua gestão para impedir a greve dos servidores públicos estaduais provocada pela decisão administrativa de não conceder o RGA (Reajuste Geral Anual) que é a reposição inflacionária integral de 11,28% no salário dos servidores públicos.

A declaração de Maggi foi dada ontem durante entrevista a jornalistas em Cuiabá, nesta segunda-feira.

Enquanto governador de Mato Grosso, Maggi foi o responsável pela implementação do RGA que começou a vigorar em 2004.

“A opinião do Blairo Maggi deve ser respeitada, mas ele está totalmente desinformado. Nós tivemos 102 reuniões das quais participei de cinco delas e expusemos a realidade das finanças públicas”, disse.

A declaração de Taques foi dada durante entrevista ao jornal do Meio Dia, exibido pela TV Record.

Taques ainda ironizou as críticas de Maggi ao afirmar que o principal responsável pela crise econômica do Estado são ex-governadores que chefiaram o Palácio Paiaguás antes do seu mandato.

Questionado se Maggi também teria responsabilidade pela crise econômica já que comandou o Estado entre janeiro de 2003 e abril de 2010, Taques evitou comentar, mas lembrou do ex-governador Silval Barbosa (PMDB), que foi vice-governador e recebeu o apoio de Maggi para concorrer ao governo do Estado nas eleições de 2010.

“Eu não apoiei o governador Silval Barbosa que fez o Estado de Mato Grosso gastar absurdo com aumentos dados aos servidores públicos”, recordou.

Taques citou que defendeu a candidatura do empresário à época e atual prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB), que veio a ser derrotado justamente por Silval.

“Eu apoiei o Mauro Mendes nas eleições de 2010. Da mesma forma não apoiei a Dilma, apoiei o Aécio Neves. Tenho uma boa relação com o ministro Maggi, mas ele está redondamente enganado a respeito das negociações do Estado com os sindicatos”, disse. Com Folhamax

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *