OPERAÇÃO NANOS

Mega empresário de Mato Grosso deve ser ouvido pela Polícia Federal

Considerado braço financeiro de Silval Barbosa (PMDB) na campanha eleitoral de 2010, o empresário Wanderley Torres deve ser ouvido pela Polícia Federal para esclarecer como funcionava o suposto esquema de caixa 2 envolvendo partidos nanicos.

O empresário é um dos proprietários da construtora Trimec e teve o nome divulgado como possível operador do esquema pelo delegado Cristiano Nascimento dos Santos, responsável pela operação “Nanos”, deflagrada nesta quinta-feira (16). A soma dos valores não declarados é de quase R$ 500 mil. Com FatoeNotícia

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *