https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/06/mauro-taques.jpg

LUTO NA POLÍTICA

Taques e Mendes lamentam morte de Júlio Pinheiro; prefeitura decreta luto

O governador Pedro Taques lamentou a morte do vereador Júlio César Pinheiro (PTB), presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, ocorrida na noite desta segunda-feira (20.06), na capital.

“Recebi com muito pesar a notícia da morte do vereador. À família enlutada presto minhas condolências neste momento de dor”, declarou Taques.

Júlio Pinheiro estava internado desde o início do mês de junho em um hospital particular de Cuiabá para tratar de um problema no coração. Na noite desta segunda-feira ele morreu após sofrer uma parada cardíaca.

O parlamentar, que também era presidente do diretório estadual do PTB, estava em seu terceiro mandato na Câmara de Cuiabá.

De acordo com a assessoria de imprensa da Câmara de Cuiabá, o corpo de Julio Pinheiro será velado na sede do Parlamento Municipal e o sepultamento deve ocorrer a partir das 17h no Cemitério da Piedade, na região central da capital.

PREFEITURA DE CUIABÁ

O prefeito Mauro Mendes decretou na noite desta segunda-feira (20), luto oficial de 3 dias em Cuiabá em homenagem póstuma ao presidente da Câmara  Municipal, vereador Júlio Pinheiro, morto aos 56 anos, após uma parada cardíaca. Ele estava internado há 17 dias no Hospital Santa Rosa.

Pinheiro cumpria seu terceiro mandato no Legislativo Municipal. Em três ocasiões, na atual gestão,  Júlio Pinheiro assumiu o comando da Prefeitura de Cuiabá.

Mauro Mendes aguarda apenas a confirmação do local e horário do velório para se juntar aos familiares e amigos nas homenagens póstumas ao líder político.

“O Júlio foi um companheiro leal, um grande parceiro da nossa administração, e sua perda deixa um enorme vazio na política cuiabana e mato-grossense”, declarou o prefeito, comovido.

O prefeito também externou aos familiares e amigos de Júlio Pinheiro sua solidariedade neste momento de perda.

“Ele fará muita falta a todos que o conheciam e gostavam dele. A eles, envio meu abraço de solidariedade e condolências”, frisou Mauro Mendes.

O secretário de Governo e Comunicação, Kleber Lima, também, rendeu suas homenagens a Júlio Pinheiro.

“Conhecia o Júlio havia cerca de 20 anos. Mas nos últimos três anos estreitamos muito nosso relacionamento, e pude descobrir o homem, o pai de família, o amigo, além do político. Tenho certeza que só quem conhecia o Júlio de perto é que sabia de todas as suas qualidades. Estamos todos muito consternados com sua perda, ainda muito jovem e com uma carreira política ainda promissora”, salientou Lima.

Tanto o secretário como o prefeito acompanhavam diariamente o estado de saúde do ex-vereador, sendo que ambos o visitaram no hospital antes da cirurgia a que foi submetido.

 Júlio Pinheiro buscou atendimento no Hospital Santa Rosa no dia 3 de junho deste ano, com dores no peito.

Após exames, constatou-se obstrução quase total da aorta, principal artéria que irriga o coração.

Três dias depois foi submetido à intervenção cirúrgica, durante mais de sete horas, para substituir a aorta por uma prótese.

Após a cirurgia passou por um grave quadro infeccioso, com febre.

Foi encaminhado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde permaneceu.

Chegou a apresentar melhora nos dias seguintes, com infecção controlada, recebendo doação de sangue.

Pinheiro tinha ainda hipertensão e diabetes, agravadas pelo tabagismo.

Júlio Pinheiro era natural de Rondonópolis, casado com Gisely Carolina Lacerda Pinheiro e pai de quatro filhos.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *