https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/revólver.jpg

SUSPEITA DE LATROCÍNIO

Imagens mostram agente prisional de MT assassinado em tentativa de assalto

Divulgação

Imagens feitas pelo cinegrafista Sebastião Alves, do SBT Cuiabá, mostram o local onde o agente prisional de Mato Grosso foi morto durante uma tentativa de assalto, no bairro Florianópolis, em Cuiabá, no início da tarde desta terça-feira (28).

Aldo Halik, de 50 anos, foi morto com um tiro na cabeça.

A polícia investiga o caso como latrocínio, roubo seguido de morte, porque os bandidos roubaram o revólver e a motocicleta da vítima que fazia a escolta de um caminhão carregado de cerveja.

No crime desta terça-feira, houve testemunhas que presenciaram a execução.

Entre elas, funcionários que descarregavam a carga de cerveja e o motorista do caminhão da cervejaria Cristal.

As informações são do tenente Thiago Pereira, oficial de área do 3º Batalhão da Polícia Militar.

Eles relataram aos policiais militares que os 2 bandidos chegaram à pé e anunciaram o assalto exigindo o revólver da vítima.

Como o agente não entregou a arma, um dos criminosos sacou um revólver, mandou ele deitar no chão e atirou contra a cabeça do servidor público.

Na sequência levou o revólver Magnun calibre 357 da vítima e também a motocicleta Honda Pop usada por Aldo.

Ambos os bandidos fugiram na motocicleta e um deles foi sem capacete. As informações foram coletadas junto aos funcionários que descarregavam a carga de cerveja num bar localizado na Rua 23 esquina com a Rua 10, do Jardim Florianópolis. Policiais militares fazem rondas pela região à procura dos criminosos.

Uma viatura da Polícia Militar permanece no local do crime preservando a cena até a chegada da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e de uma equipe da Perícia e Identificação Técnica (Politec).

Com Gazeta Digital

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *