https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/10/Policia_civil-e1490622227905.jpg

FIM DO IMPASSE

Diretoria da Polícia Civil de Mato Grosso decide manter delegados no Gaeco

Divulgação

O Conselho Superior de Polícia Judiciária Civil (CSP), em reunião na manhã desta terça-feira (05.06), decidiu manter os dois delegados cedidos ao Grupo de Atuação Especial de Crime Organizado (Gaeco), por entender a importância do trabalho desempenhado pelos membros da Polícia Civil no órgão.

“Houve um pedido do próprio Gaeco para manter os delegados e entendemos pela necessidade”, disse o delegado geral da PJC, Adriano Peralta Moraes.

Os delegados Wylton Massao Ohara e Carlos Américo Marchi estão no Gaeco desde janeiro de 2015, quando foi assinado Termo de Cooperação, entre a Secretaria de Estado de Segurança Pública e o Ministério Público Estadual, para atuação dos delegados da Polícia Judiciária Civil.

O pedido de devolução foi motivado pelo déficit de delegados no Estado de Mato Grosso, atualmente 235 delegados na ativa.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *