https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/07/mao_300.png

ESTRESSADINHA

Mulher quebra dedo de médica em MT após não conseguir medicamento

Uma paciente quebrou um dos dedos da mão de uma médica em uma unidade de Pronto Atendimento em Sinop, a 503 km de Cuiabá, após não conseguir prescrição de um medicamento.

A mulher tentava convencer a médica a receitar um remédio controlado sem antes passar por uma avaliação médico.

Ao negar, a médica foi agredida e teve o dedo quebrado.

Segundo o secretário municipal de saúde, Manoelito Rodrigues, a médica teve o dedo médio fraturado e deve passar por uma cirurgia.

A paciente que mora no Jardim Vitória Régia, tentava conseguir receita médica para utilizar Fenobarbital, um medicamento de uso controlado, anti-convulsivante, utilizado para o tratamento de problemas neurológicos.

A médica tentou convencer a paciente de que só poderia prescrever o medicamento, após uma avaliação profissional.

A doutora fazia o atendimento de gestantes e pediu que a paciente aguardasse para passar pela avaliação e recebe a receita, caso precisasse do medicamento.

Ao negar a receita sem avaliação, a médica passou a ser agredida pela paciente, que usou o prontuário para bater na mão da profissional.

“Esse é um problema frequente, mais comum do que se imagina, e que muitas vezes fica em silêncio. O que ocorreu com a médica aqui foi um caso extremo, mas existem muitos outros em que a agressão é verbal e psicológica”, afirmou o secretário municipal de saúde.

Ainda segundo o Rodrigues, um boletim de ocorrência foi registrado contra a moradora.

A médica faz parte da rede municipal e também faz plantões na Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Após a confusão, a paciente foi encaminhada para outra unidade, passou pela avaliação e recebeu o receituário para o remédio de uso controlado.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *