RISCO DE INFECÇÃO

Justiça de Mato Grosso proíbe realização de cirurgias de catarata fora de clínicas no Estado

A Justiça proibiu o governo de Mato Grosso de continuar realizando cirurgias de catarata no “Mutirão da Transformação” que está em andamento no município de Barra do Bugres.

A decisão é da juíza Flávia Catarina de Oliveira Amorim, da Vara Especializada em Ações Civis Públicas e Ações Populares de Cuiabá e suspende a realização dos procedimentos fora de hospitais. O despacho foi proferido na noite desta sexta-feira (15).

A magistrada atendeu a um pedido da Associação Mato-Grossense de Oftalmologia formulado numa civil pública proposta contra o governo do Estado e contra a empresa 20/20 Serviços Médicos S/S.

A autora da ação destaca que o objetivo é proteger a população que corre riscos de sofrer complicações como infecções, cegueira ou até morrer em virtude de problemas decorrentes de cirurgias de catarata feitas em ambientes inadequados como caminhões e tendas montadas em mutirões.

O procurador-geral do Estado, Patrick Ayala, já tem conhecimento da decisão, entrou em contato com o plantão do Judiciário e prometeu ir até o Fórum de Cuiabá para ser intimado. Com Gazeta Digital

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *