https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/10/MAURO-MENDES.jpg

INDEFINIÇÃO

Três vereadores disputam vice de Mendes; PSDB aguarda posição do prefeito

Três vereadores por Cuiabá disputam a vaga de vice na chapa encabeçada pelo prefeito Mauro Mendes (PSB), que deve buscar a reeleição no pleito de outubro deste ano.

Trata-se de Adevair Cabral (PSDB), Haroldo Kuzai (SD) e Domingos Sávio (PSD).

Destes, a novidade é o parlamentar pessedista. Domingos Sávio já havia exposto a sua intenção de não ir à reeleição neste ano, entretanto, ainda não havia batido o martelo em torno da decisão.

A indicação do parlamentar estaria sendo articulado pelo presidente regional do PSD, vice-governador Carlos Fávaro.

A legenda passou a cogitar essa possibilidade para ganhar espaço dentro da coligação, tendo em vista a força que o PSDB está mostrando.

Domingos Sávio lembra que o chefe do Executivo Municipal conta com o apoio de diversos partidos. Diante disso, acredita que todos devem ter o mesmo peso.

“A escolha do vice é uma decisão do prefeito. Mas nós, que fazemos parte da base, temos o direito de participar indicando um nome”, frisou o parlamentar.

O PSB, contudo, não esconde a preferência pela legenda tucana. O presidente da sigla, Suelme Evangelista garante que a indicação do vice será do PSDB.

De acordo com ele, este é o caminho natural a ser seguido, devido à parceria entre o chefe do Executivo municipal e o governador Pedro Taques (PSDB).

O tucano cotado para compor a chapa majoritária com Mendes é o vereador Adevair Cabral (PSDB).

O parlamentar já vem se articulando internamente junto à militância tucana para garantir a indicação.

Na última semana, inclusive, ele esteve reunido com o socialista no Palácio Alencastro para tratar do assunto.

A indicação do parlamentar ajudaria o partido tanto na composição majoritária quanto na proporcional.

Isto porque, o PSDB garantiria a efetiva participação na chapa majoritária, e ainda desafogaria a chapa proporcional que tem cinco vereadores disputando a reeleição.

O presidente do Diretório Municipal do PSDB, Carlos Avalone, por sua vez, afirma que o partido ainda não bateu o martelo quanto ao apoio à reeleição do prefeito e, muito menos, quanto à indicação do vice.

O apoio da legenda estaria condicionado justamente à indicação do vice. Nos bastidores, a conversa é de que se não houver esta indicação, a legenda deve lançar candidatura própria. O nome mais cotado é do empresário João Dorielo Leal.

Outro vereador que estaria na briga pela Vice-prefeitura na chapa encabeçada por Mendes seria Haroldo Kuzai.

A articulação para chancelar a aliança estaria sendo feita em Brasília com a participação do ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP).

No mês passado o parlamentar esteve em Brasília onde participou de uma reunião com Maggi e o deputado estadual Ezequiel Fonseca, presidente do Diretório Regional do Partido Progressista.

O assunto teria começado a ser tratado nesta oportunidade.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *