https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/martelo-de-juiz.jpg

ATRÁS DAS GRADES

Juiz condena casal por morte de comerciante durante roubo em Cuiabá

Divulgação

Um casal acusado de roubar e matar um comerciante, no dia 9 de outubro de 2015, no bairro Parque Cuiabá, na Capital, foi condenado a cumprir pena pelo crime.

Zildo Marques, de 50 anos, foi morto a tiros durante um assalto na casa dele no ano passado. Quatro pessoas foram presas pelo latrocínio.

Na decisão, do dia 1º de julho, o juiz Flávio Miraglia Fernandes, da Quinta Vara Criminal da Capital, condenou R. P. da S. R., de 22 anos, a cumprir 8 anos e 10 dias de prisão, em regime fechado, por participação no latrocínio.

O magistrado também condenou C. A. C. F., de 20 anos, a cumprir 8 anos e nove meses de prisão em regime fechado.

Segundo a decisão, os outros dois envolvidos, D. A. e P. H. F., foram absolvidos pelo juiz.

D. A., que estava presa desde a ocasião do crime, foi solta em janeiro deste ano.

O magistrado determinou durante a audiência a soltura de P. H. F.

O crime

No dia do latrocínio cinco pessoas invadiram a casa da família no Bairro Parque Cuiabá e renderam os moradores.

O filho de Zildo foi rendido ao chegar de carro na garagem da residência.

Enquanto colocavam os pertences no carro da família os integrantes da quadrilha não encontraram a chave do veículo e ficaram nervosos com isso.

O comerciante foi morto a tiros depois que o filho dele e um dos assaltantes começaram a brigar.

Conforme a Polícia Civil, a mulher mais nova disparou os tiros que mataram Zildo. Em depoimento à polícia, ela negou que tenha atirado. Testemunhas indicaram que foi ela quem atirou. Com G1/MT

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *