https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/07/marrafon.jpg

EFEITO RÊMORA

500 escolas de Mato Grosso precisam de reforma urgente, diz Marco Marrafon

Gcom

O secretário de Educação de Mato Grosso, Marco Aurélio Marrafon, disse, em entrevista a uma rádio de Várzea Grande, nesta sexta-feira (22), que das 756 escolas no Estado, 500 precisam de reforma leve e outras 300 de uma mais drástica.

Marrafon também comentou que várias escolas que estavam dentro da licitação para reforma e foram alvos da Operação Rêmora estão em situação mais dramática.

Ele citou o caso de uma escola estadual de Rondonópolis, que precisa de um reparo urgente.

Marrafon citou que os alunos, mesmo com essa situação, estão estudando no prédio.

O motivo dessa situação é que os contratos investigados na Operação Rêmora,  foram suspensos pelo Governo do Estado ainda em maio, por meio da Portaria nº 226/2016/GS/SEDUC/MT. São 16 contratos, cuja execução estava na fase inicial.

A suspensão, que valeu por 60 dias, e terminou no meio desta semana, tinha objetivo da conclusão do levantamento, controle e avaliação interna pela equipe técnica da Seduc.

Nesse período, se confirmadas as supostas fraudes, serão realizadas novas licitações, tendo em vista as necessidades sensíveis da comunidade escolar, como a construção de salas de aula e o conserto de telhados.

Marrafon assumiu a Secretaria de Educação após a demissão de Permínio Pinto (PSDB).

A queda de Permínio aconteceu no dia da realização da primeira fase da Operação Rêmora, no dia 3 de maio.

Quase 80 dias após a primeira fase, o ex-secretário foi preso, nesta quarta-feira (20), acusado de ser o suposto líder da quadrilha que agia dentro da Seduc para fraudar licitações.

Foto: Gcom

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *