DIFÍCIL ACESSO

Corpo de Bombeiros de Mato Grosso usa drone para combater queimadas

A capacidade de alcançar lugares de difícil acesso e de fornecer imagens com qualidade são algumas vantagens dos drones, veículos aéreos controlados remotamente.

Em Barra do Garças (540 km de Cuiabá), uma parceria vem permitindo que o Corpo de Bombeiros teste a ferramenta em ações de combate ao fogo.

A iniciativa partiu de um empresário local, Marcelo Toledo Pereira, que comprou o equipamento há dois meses e o colocou à disposição da corporação.  “Eu me ofereci para ajudar quando fosse necessário, para localizar focos, por exemplo. É mais rápido pelo alto”, justificou.

Na terça-feira (19.07), o equipamento foi utilizado no combate a um incêndio florestal em uma extensa área próxima ao Batalhão do Exército Brasileiro da cidade de Aragarças, no Estado de Goiás – onde os bombeiros de Mato Grosso podem atuar, em razão de um convênio assinado entre os dois Estados.

“Como o local era de difícil acesso e o incêndio tinha grandes proporções, ligamos para o Marcelo, ele foi até o local e nos deu o apoio”, disse o comandante da 1ª Companhia do Corpo de Bombeiros, 1º tenente Bruno Rebouças.

Por meio do equipamento, foi possível avaliar a proporção e traçar uma estratégia para o combate ao incêndio, que foi controlado em cerca de quatro horas.

“A partir das imagens, conseguimos definir para onde o incêndio estava se direcionando. Mandamos uma equipe de combate a incêndio florestal que coordenou o trabalho em conjunto com os militares do Exército”, disse o comandante.

Esta foi a segunda vez que o militares de Barra do Garças utilizaram o equipamento.

A primeira aconteceu na segunda-feira (18.07), o atendimento de uma ocorrência de incêndio florestal no Parque da Serra Azul também foi facilitado pelas imagens do alto.

O drone poderá em breve se tornar um equipamento comum na corporação. Na região metropolitana, duas unidades realizam testes com o equipamento.

“O drone pode ser util em operações de busca e salvamento, ajudando a localizar vítimas, e no mapeamento de áreas”, disse capitão Rafael Ribeiro Marcondes, comandante adjunto do 2º Batalhão, em Várzea Grande.

Veja Mais

Um comentário em “Corpo de Bombeiros de Mato Grosso usa drone para combater queimadas”

  1. moisés disse:

    tem que usar água;;;;; drone só serve pra registtrar estatística . . . .

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *