https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/10/mauro-mendes.jpg

MISTÉRIO

Prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes anuncia se é candidato semana que vem

Divulgação

Prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes vira réu em ação da Justiça Federal. Foto: Divulgação

O prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (PSB) revelou que anuncia na próxima semana se é candidato ou não à reeleição.

Embora seus correligionários já deem como certa sua candidatura, Mendes mantém cautela e prefere dizer que está alinhando as últimas conversas para definir se mantém o projeto político de administrar o município nos próximos anos.

“Estamos conversando com atores do cenário político para comunicar essa decisão. Procurei fazer um trabalho com muito amor nestes três anos e meio de gestão e agora estou viabilizando esse novo projeto que demanda ainda algumas conversas para ser concretizado”, disse.

Mendes participou ontem do encontro estadual do Partido Progressista (PP) que contou com a presença do seu padrinho político, o senador licenciado por Mato Grosso e atual ministro da Agricultura, Blairo Maggi.

Durante todo o tempo que dialogou com lideranças políticas, evitou confirmar a reeleição.

Apesar do mistério, houve nas últimas semanas uma intensa articulação a respeito da escolha do candidato a vice-prefeito.

Os nomes mais cotados são dos vereadores Adevair Cabral (PSDB), Haroldo Kuzai (SD) e Domingos Sávio (PSD).

Questionado se a intensa articulação seria motivada pelo plano político de renunciar dois anos depois para ser candidato ao governo do Estado ou Senado, Mendes rechaça essa possibilidade e critica quem o vê como um prefeito reeleito que deixaria um eventual segundo mandato pela metade.

“Isso é uma invenção dos adversários. O meu grupo político apoia o governador Pedro Taques. Qualquer comentário neste sentido é, no mínimo, irresponsável e só serve para deturpar a finalidade da eleição que é discutir as questões sociais e econômicas de Cuiabá”.

Ainda em relação ao vice-prefeito, Mendes, que preferiu não citar ninguém nominalmente, pregou respeito a todos os partidos aliados, e ressaltou que vai acompanhar toda a articulação pessoalmente para evitar transtornos do passado.

Na eleição de 2012, João Malheiros foi eleito, mas se recusou a assumir a Vice-prefeitura para prosseguir com o mandato de deputado estadual na Assembleia Legislativa.

“Vou acompanhar pessoalmente a formação da chapa majoritária. Vou procurar cuidar de todos detalhes possíveis no tempo possível. Assim também vou agir em relação à chapa proporcional voltada à disputa pela Câmara de Cuiabá”, reforçou.

VEREADORES

Os pré-candidatos a vereador da base do prefeito Mauro Mendes se reuniram com ele na tarde de quinta-feira (21) a fim de fazer com que ele tome uma decisão sobre pleito de outubro deste ano.

A intenção era sensibilizar o socialista sobre a importância de ele disputar a reeleição. O encontro ocorreu no Palácio Alencastro. Na oportunidade, o chefe do Executivo municipal postergou o anúncio.

Ele estaria indeciso sobre qual caminho tomar. Dois fatores estariam “segurando” o socialista. O primeiro refere-se à sua parte empresarial.

Os credores aceitaram a proposta de pagamento das dívidas de suas empresas, que estão em recuperação judicial. Diante disso, Mendes tem dois anos para organizá-las financeiramente.

Além disso, sua esposa, Virgínia Mendes, já teria manifestado a vontade de que o socialista não fosse à reeleição.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *