ALÔ, MINISTÉRIO PÚBLICO!!

Duas universidades particulares de Cuiabá são alvos de críticas em página famosa do Facebook

Duas universidades particulares de Cuiabá estão sendo alvos nas mídias sociais.

Na famosa página “Aonde não ir em Cuiabá”, no Facebook, internautas relatam situações parecidas e que precisam ser checadas pelos órgãos de fiscalização.

Em um post, que acabou puxando vários comentários semelhantes, um internauta relata que a esposa dele que tinha Fies, por problemas particulares, foi obrigada a suspender um semestre na universidade.

Sem fazer comunicação, segundo o post, a universidade acabou fazendo a rematrícula da estudante.

O que é estranho, de acordo com as informações do internauta, é que mesmo ela não tendo comparecido às aulas, a universitária teve notas nas matérias.

O relato diz que a estudante perdeu o Fies e a universidade ainda cobra o semestre que ela ‘estudou’.

Alô, Ministério Público!!

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *