SITUAÇÃO DE RISCO

Saúde reforça alerta para combater mosquito transmissor da dengue

O Boletim Epidemiológico desta semana mostra que 88 dos 141 municípios mato-grossenses, o que representa 62,4% do total, estão com alto risco de epidemia de dengue.

Já para o zika vírus, 58,9 % das cidades do estado (83 cidades) estão com alto risco de transmissão. Os dados reforçam o alerta em Mato Grosso para combater o mosquito Aedes aegypti, transmissor das doenças.

Este ano já foram registrados 25.963 casos de dengue em Mato Grosso. No mesmo período, no ano de 2015, foram feitas 20.789 notificações, o que representa um aumento de quase 25%. Neste ano foram confirmadas quatro mortes pela doença, nos municípios de Cuiabá, Juína, Sinop e Tangará da Serra.

Mato Grosso tem 23.588 casos suspeitos de zika vírus. Com 722 casos por 100 mil habitantes, o estado está em risco alarmante.

Já a febre chikungunya tem 1.275 casos suspeitos, o que representa uma incidência de 38 casos para cada grupo de 100 mil habitantes. Três municípios estão classificados com alto risco da doença (Campo Novo dos Parecis, Mirassol d´Oeste e Querência).

Diante do aumento no número de casos notificados, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) reforça o alerta para as ações de prevenção e controle das doenças nos 141 municípios mato-grossenses.

O Estado monitora semanalmente a progressão dos casos e faz o trabalho de orientação junto aos municípios para que as ações sejam intensificadas.

A orientação é para eliminar os criadouros do mosquito Aedes aegypti. Cerca de 80% dos criadouros do mosquito estão nas residências, por isso é importante o envolvimento da população.

Para reduzir os impactos causados pelo mosquito, a SES alerta os municípios para que mantenham a rede atenta para o diagnóstico precoce da doença e o manejo correto para que mortes sejam evitadas.

Além disso, devem ser desenvolvidas ações de mobilização, inspeções domiciliares para eliminação de criadouros do mosquito, atividades educativas para orientar a população sobre como evitar focos do vetor e também aplicação de inseticida para eliminar insetos adultos.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *