https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/10/pinheiro.jpg

GUERRA DE TITÃS

Pinheiro e Santos são homologados como candidatos a prefeito

O PSDB confirmou as candidaturas do deputado Wilson Santos (PSDB) à prefeitura de Cuiabá e do vereador Leonardo de Oliveira (PSB) ao cargo de vice-prefeito.

O evento foi realizado na sede do partido em Cuiabá e reuniu lideranças como o governador Pedro Taques (PSDB), os deputados federais Nilson Leitão (PSDB) e Fabio Garcia (PSB), o secretário-chefe da Casa Civil, Paulo Taques, além do presidente do diretório municipal da sigla, ex-deputado estadual Carlos Avalone, e de candidatos a vereadores dos partidos que compõem a chapa.

Guilherme Maluf destacou as conquistas registradas no período em que Wilson Santos foi prefeito de Cuiabá (de 2004 a 2008 e de 2008 a 2010) e também na gestão do prefeito Mauro Mendes (PSB) e afirmou que o grupo tem compromisso com a Capital.

“O companheiro Wilson Santos tem história, trabalho prestado, competência e esta candidatura não é somente dele, mas de um grupo unido, que trabalha em prol do desenvolvimento de Cuiabá, dos cuiabanos e dos mato-grossenses”, discursou.

Presidente do diretório estadual do PSDB, o deputado federal Nilson Leitão apontou a coragem e a lealdade como as principais virtudes do candidato tucano. “Wilson não foge à luta e vai orgulhar o PSDB. Esta será a campanha do bem”, asseverou.

O deputado federal e presidente estadual do PSB, Fabio Garcia, que chegou a ser cotado para a disputa, garantiu que o partido se empenhará para eleger Wilson Santos e Leonardo de Oliveira.

“Wilson é trabalhador, incansável, inteligente e ninguém tem dúvida do seu amor por Cuiabá e pelo povo cuiabano. O PSB é um partido leal e vamos demonstrar toda a nossa lealdade durante essa caminhada”, afirmou.

Para o governador Pedro Taques (PSDB), as últimas 24 horas, durante as quais o grupo realizou uma série de encontros para definir o substituto do atual prefeito Mauro Mendes, que desistiu de concorrer à reeleição, foram importantes para a consolidação do grupo.

“Tínhamos um compromisso com o prefeito Mauro Mendes, mas respeitamos a sua decisão e agora vamos caminhar junto com Wilson Santos aqui em Cuiabá porque, como governador, eu não posso permitir que façam com a nossa Capital o que fizeram com o nosso estado”, discursou Taques, ao lado das lideranças do partido.

Wilson Santos, por sua vez, agradeceu a confiança dos companheiros de partido e afirmou que o alinhamento com o Governo do Estado será benéfico para a cidade.

“Ao contrário das outras vezes que fui prefeito, agora terei o apoio do governador e isso possibilitará o desenvolvimento de um trabalho ainda melhor. Estou preparado para o desafio”, garantiu.

Dentre os programas que pretende retomar, caso seja eleito, Wilson destacou o Cuiabá Vest e o Bolsa Universitária. Além disso, assegurou a continuidade de ações desenvolvidas na gestão Mauro Mendes, como a construção de novas unidades de Pronto-Atendimento (UPA’s).

O candidato a vice-prefeito, Leonardo de Oliveira, disse ter ficado contente com o convite do grupo e demonstrou confiança na vitória. “Esse grupo está transformando Mato Grosso e Cuiabá e essa transformação precisa continuar”, disse.

EMANUEL PINHEIRO É HOMOLOGADO PELO PMDB

O deputado estadual Emanuel Pinheiro (PMDB) oficializou sua candidatura à Prefeitura de Cuiabá na noite desta sexta-feira (05).

Ao menos 500 pessoas se aglomeraram em um dos salões de festas do Hotel Fazenda Mato Grosso para ouvir as primeiras palavras do candidato do PMDB, que encabeça a coligação que ainda não possui nome.

Emanuel chegou com quase uma hora de atraso por conta do trânsito da cidade. Foi recebido com euforia por aliados como o presidente regional do PMDB, Carlos Bezerra, e a deputada estadual Janaina Riva (PMDB).

Subiu ao palanque sob o som de seu primeiro jingle de campanha, que repete reiteradas vezes o número 15 e cita que “do outro lado”, nos adversários, “há desespero”.

Bezerra foi um dos que discursaram. O deputado afirmou que o governador Pedro Taques (PSDB) foi o grande responsável pela construção da candidatura de Emanuel, citando a forma como o tucano tratou os servidores na questão do pagamento da Revisão Geral Anual (RGA).

Entretanto, o parlamentar afirmou que é preciso ter o “pé no chão” e não “cantar vitória” antes de encerrar as eleições, em outubro deste ano.

“Tenho uma preocupação que é grave: estamos começando a campanha de forma muito otimista, e isso me preocupa, porque esse é o primeiro passo para a derrota. Temos que ser humildes. A situação é boa, mas temos que trabalhar muito. Quanto mais expressiva a vitória, mais esmagamos o adversário. Quanto maior o número de votos, mais desmoralizamos o adversário”, disse.

Já a deputada Janaina ressaltou em seu discurso ter sido muito criticada em seu primeiro ano como parlamentar. Mas, segundo ela, sempre teve o apoio de Emanuel.

“As pessoas achavam que nós não chegaríamos a lugar nenhum, acreditavam em um governo que pregou uma verdadeira peça no Estado. Acreditavam que seriamos massacrados por uma grande gestão. Mas mostramos o contrário. Chegamos a oito deputados e, juntos com a população, mostramos que somos maiores que qualquer governador do Estado”, disse.

Ainda discursaram o deputado estadual Silvano Amaral, deputado federal Valtenir Pereira, o presidente municipal do PMDB, Clovis Cardoso, e o prefeito de Sinop, Juarez Costa.

Ao lado de seus dois filhos Emanuel Pinheiro e Elvis Pinheiro, sua esposa, Marcia Pinheiro, e sua mãe, Maria Helena Pinheiro, Emanuel discursou por quase 20 minutos.

Afirmou não tolerar a “omissão” e que, em sua gestão, irá trabalhar para a conclusão do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), dar continuidade às obras iniciadas na gestão do prefeito Mauro Mendes (PSB) e que cada proposta apresentada em seu plano de governo será dita de onde virá o recurso e qual será o prazo de entrega.

Após já encerrar a fala, Emanuel retomou o microfone para falar do vice em sua chapa, o advogado e pecuarista Niuan Ribeiro (PTB). Segundo o candidato, a escolha de Niuan, que é filho do ex-senador Osvaldo Sobrinho, foi para “comtemplar” os novos rostos da política mato-grossense.

O arco de aliança do candidato conta com o PMDB, PMB, PPL, PR, Pros, PTB, PTC, PTdoB, PP, SD e PRP. Com Midianews

Veja Mais

2 comentários em “Pinheiro e Santos são homologados como candidatos a prefeito”

  1. José Carlos Alberto da Silva disse:

    Gosto do Wilson. Acho que fez muito por Cuiabá. Quem não gosta dele porque não conhece sua história de vida…

  2. Teka Almeida disse:

    Desde quando Wilson Santos é pode ser considerado titã???? não passa de um traque. Coitado vai levar uma surra eleitoral que jamais vai esquecer. Deveria até renunciar ao mandato de deputado. Claro se tivesse vergonha na cara. Mas como não tem….

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *