OPERAÇÃO RÊMORA

Vandoni diz estar à disposição do MPE sobre denúncias na Seduc

O Gabinete de Transparência e Combate à Corrupção (GTCC), sob o comando de Adriana Vandoni, diz estar à disposição dos órgãos de controle para contribuir com as investigações da Operação Rêmora.

A secretária não é investigada na Operação. Em despacho do dia 04 de agosto, a juíza Selma Rosane Santos Arruda determinou o compartilhamento de informações com o Núcleo de Ações de Competência Originária (Naco).

Vandoni compareceu ao Gaeco, no dia 25 de julho, na condição de declarante; ocasião que reforçou o papel do GTCC no aprimoramento dos instrumentos de controle do Governo do Estado – atitude inédita em Mato Grosso.

Esclarece que as denúncias de corrupção são encaminhadas aos órgãos de investigação e controle, em consonância com as atribuições do Gabinete, criado em 2015 para formular, coordenar e fomentar a implementação de planos, programas e projetos voltados à prevenção da corrupção e à promoção da transparência, do acesso à informação, da conduta ética, da integridade e do controle social na administração pública.

O GTCC ressalta que recebeu denúncia sobre irregularidades no processo de construção de escolas pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e a encaminhou à Delegacia Fazendária (Defaz) para abertura de investigação, por meio do ofício número 16/2016.

O procedimento é adotado como padrão nos casos de denúncias envolvendo a administração.

O GTCC reforça seu compromisso com o combate à corrupção na administração pública, contribuindo para uma sociedade mais justa e democrática e reitera o respeito às instituições imbuídas nesta causa.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *