https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/10/FAGUNDES.jpg

CRISE NA SITUAÇÃO

Presidente do PR de MT quer Mendes no palanque de Emanuel Pinheiro

O senador Wellington Fagundes (PR) afirmou que vai trabalhar para que o prefeito Mauro Mendes (PSB) apoie a candidatura do deputado estadual Emanuel Pinheiro (PMDB).

Com a desistência de Mendes em disputar a reeleição, o republicano afirmou que vê o nome do peemedebista como vitorioso nas eleições municipais deste ano.

“Emanuel apoiou Mauro a prefeito e Mauro apoiou Emanuel a deputado estadual, junto com Fábio Garcia. E trabalhamos nesse sentido. Fizemos muitas reuniões. Com a decisão do Mauro em não ir à reeleição, esperamos, e eu digo que esperamos porque ainda vou trabalhar muito nisso, que Mauro retribua o apoio a Emanuel Pinheiro, que, neste momento, vejo como uma candidatura vitoriosa”, ressaltou.

Fagundes explicou que a princípio o partido trabalhou para que Mauro Mendes apoiasse o projeto inicial de Pinheiro para presidência da Assembleia Legislativa e para que o deputado estadual apoiasse a candidatura de Mauro à reeleição. Como houve mudanças, a legenda tentará unir os dois políticos.

“Quando uma candidatura nasce para ganhar, tudo dá certo. Veja a escolha do candidato a vice. É um jovem, que vai ser uma grande revelação, competente e preparado e que eu conheço muito bem. Niuan Ribeiro é o espaço do jovem na Prefeitura, com a eleição de Emanuel, que tem grande experiência política. Os dois são cuiabanos natos. Daí a minha confiança. Eu seguirei trabalhando para que Mauro apoie Emanuel Pinheiro”, disse o senador.

PR- Sobre a legenda da qual é presidente, o senador afirmou que deve participar ativamente das eleições deste ano. “Vamos levar nossas propostas centradas em um objetivo concreto. O PR estará no processo eleitoral em praticamente todas as cidades do Estado, ora com candidatura própria, em outros municípios com uma boa bancada de vereadores, em outras, com vice, enfim. O PR possui 12 prefeitos e 17 vice-prefeitos, além de 160 vereadores. Queremos manter e ampliar esses números”.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *