POLÊMICA DA TORNOZELEIRA

TRF decide nesta terça-feira se Eder Moraes fica livre ou preso no Centro de Custódia de Cuiabá

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) volta a analisar, nesta terça-feira (9), a situação jurídica do ex-secretário de Estado, Eder Moraes, e decide se ele volta para a cadeia ou se permanece em casa monitorado por uma tornozeleira eletrônica.

Já condenado a 69 anos e 3 meses de prisão por crimes contra o sistema financeiro e lavagem de dinheiro na primeira ação penal decorrente da Operação Ararath, mas recorrendo da sentença em liberdade, Eder é acusado de ter violado os termos de uso da tornozeleira eletrônica.

No dia 26 de julho, a 4ª Turma do Tribunal Regional Federal, em decisão unânime revogou a liminar em habeas que havia concedido liberdade a Eder Moraes, no dia 24 de junho.

No entanto, a decisão teve qualquer efeito prático pois o ex-secretário nem chegou a ser preso novamente e conseguiu, através de seus advogados, invalidar o julgamento. Com Gazeta Digital

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *