https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/10/FAGUNDES.jpg

RIXA VALIOSA

Fagundes vê rusga entre Mendes e Wilson e pede apoio do prefeito a Pinheiro

O senador Wellington Fagundes, presidente do PR, afirmou que vai procurar o prefeito Mauro Mendes (PSB), a fim de obter o apoio político para o pré-candidato Emanuel Pinheiro (PMDB). A afirmação foi dada durante entrevista a Rádio Capital FM.

O senador, que deverá fazer contato com Mauro e o grupo político dele, ressaltou ter “esperança de ser bem sucedido” nesse processo de aproximação de dois amigos que sempre atuaram juntos.

“O prefeito Mauro Mendes resolveu não ser candidato a reeleição por todos os problemas que ele já colocou (…) Estamos trabalhando em conjunto para que Mauro venha. (…) Eu acredito nisso, tenho fé e vou trabalhar para isso”, disse.

Wellington também aposta que a partir do momento que Mauro Mendes deixou de ser o candidato, Emanuel Pinheiro, nas próximas pesquisas, já deverá ser “o primeiro colocado na capital”.

Outro ponto destacado pelo senador são os apoios recebidos por Pinheiro na construção da candidatura.

“Acredito que ele contará com o apoio de cabos eleitorais muito intensos, principalmente, dos servidores públicos”, disse, acrescentando que ele também deverá contar com o apoio do senador Cidinho Santos (PR), do atual Ministro da Agricultura Blairo Maggi e da maioria dos deputados federais, o que possibilitará realizar uma administração com recursos financeiros para realizar o desenvolvimento necessário a Cuiabá.

“É claro que o Mauro fez muito e o Emanuel tem muito a oferecer pela sua experiência e por todos aqueles que estão lhe apoiando. Emanuel também tem a felicidade de estar em um partido forte, que representa também o presidente da República, e acredito que o presidente Michel Temer vai ajudar e muito a administração de Emanuel Pinheiro”, frisou.

Wellington, que a todo o momento fez questão de ressaltar o trabalho desenvolvido por Mauro Mendes na Capital, destacou que Emanuel Pinheiro tem a capacidade de dar continuidade as ações desenvolvidas e também a buscar recursos junto à bancada.

“Ele não encontrará na bancada federal só a força política necessária, mas os recursos financeiros para a conclusão e construção das obras”, ressaltou.

O senador também lembrou que Emanuel era deputado e secretário geral do PR, quando coordenou politicamente a vitoriosa campanha do prefeito à prefeitura de Cuiabá. Durante esse período, Emanuel sempre defendeu e prestigiou o governo Mauro Mendes, inclusive contribuindo muito para a sua eleição.

O senador Wellington disse que acompanhou Emanuel e Mauro construindo juntos um projeto para Cuiabá.

“Até admito que o lançamento da candidatura do Emanuel possa ter causado uma surpresa no grupo de Mauro Mendes, mas convenhamos esta é uma divergência muito pequena, para quem sempre atuou junto politicamente, razão pela qual entendo que a costura política deve existir para que eles caminhem juntos em defesa de Cuiabá”.

Da mesma forma – prosseguiu Wellington- o prefeito Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro tem uma relação de anos de amizade que foi alicerçada na confiança e credibilidade. “Como Mauro resolveu não ser candidato, acho que é natural a reciprocidade dele com Emanuel Pinheiro”, ressaltou.

O senador também lembrou os apoios que ambos deram nas campanhas de 2012 e 2014. “Tenho certeza que o Emanuel é muito grato a tudo que Mauro Mendes fez na campanha passada e também pelo que Emanuel fez na campanha de Mauro, que foi difícil e foi para o segundo turno”, frisou.

Ele também comentou sobre a impossibilidade do PSB vir para o grupo de Emanuel Pinheiro, já que o partido convencionou com o candidato do PSDB.

“É normal nesse pluripartidarismo você não exigir que só porque a pessoa é filiada ela tenha obrigação de apoiar o que foi decidido na convenção. Tenho certeza que muitos daqueles que estão convencionados vão apoiar Emanuel Pinheiro”, avaliou.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *