DANOS MORAIS

Apresentador de TV de Mato Grosso é condenado por chamar entrevistado de ‘traveco’

O apresentador de TV Luizinho Magalhães (PSD) foi condenado pela  Justiça de Mato Grosso a pagar R$ 8 mil de indenização por danos morais por ter chamado um entrevistado de ‘traveco’ e de homossexual.

O caso aconteceu durante uma reportagem exibida em 2012 na emissora que o apresentador trabalha.

Magalhães já foi deputado estadual e ocupou o cargo até 31 de janeiro de 2015, ocupando a vaga deixada por Walter Rabello, morto em 2014.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *