https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/08/POLC.jpg

CERCO FECHADO

Polícia Civil faz operação em Mato Grosso para combater golpe do ‘Finan’

Uma grande fiscalização contra o comércio ilegal de veículos na localidade conhecida por “Pedra”, na região do Porto, em Cuiabá, é realizada na manhã desta quinta-feira (11.08), pela Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (Derrfva), da Polícia Judiciária Civil, integrada com outras forças da Segurança Pública e a Prefeitura de Cuiabá.

A operação que leva o nome de “Cova de Caco” deve vistoriar mais de 400 veículos, entre motos e carros, para identificar a clonagem e o chamado “Finan” – veículos financiados, que depois são comercializados abaixo do preço de mercado e as prestações deixam de ser pagas.

O delegado titular da DERRFVA, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, informou que o local está cercado e todos os veículos encontrados no ponto de comércio passarão por severa fiscalização, que vão desde a identificação veicular até as pessoas que usam o espaço para prática de crimes.

“Objetivo é fazer a vistoria desses veículos. Identificar as pessoas que utilizam esse local para essa prática delituosa, efetuar a prisão em flagrante e apreender esses veículos, consequentemente, recuperar veículos produtos de crime, devolvendo às respectivas vítimas. É um trabalho grandioso porque o local é frequentado por muitas pessoas e gente sabe que a receptação, infelizmente, é o que alimenta o crime. Pelo preço, pelos valores que são muito abaixo do mercado acaba atraindo muita gente.  Existe esse mercado negro que está em nossa Capital há muito tempo”, explicou o delegado.

O trabalho contra com a participação das Delegacias Polícia Judiciária Civil (DEA, DERF Cuiabá, DHPP, 3ª DP, Deddica, DEA, Acorizal), Gerência de Operações Especiais (GOE), Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPaer) e a Prefeitura Municipal por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana (SEMOB) e Secretaria de Ordem Pública.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *