https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/08/william-cardoso.jpg

VÁRZEA GRANDE

William Cardoso alega falta de apoio do PSDB e deixa presidência do partido

O candidato a prefeito de Várzea Grande, empresário e advogado William Cardoso (PSDB), assim que registrar sua candidatura junto a Justiça Eleitoral, nesta segunda-feira (15), promete deixar a presidência do diretório municipal e promover uma desfiliação em massa do ninho tucano várzea-grandense.

Essas ações serão feitas em repúdio a falta de apoio por parte da executiva estadual, especialmente, por parte do governador do Estado, Pedro Taques (PSDB).

Segundo informações, permanecerão no partido somente os candidatos e filiados a outros grupos tucanos, como é o caso dos seguidores do suplente de deputado estadual, Jajah Neves (PSDB).

Aos mais íntimos, William afirmou que não vê empenho por parte do partido com o projeto na cidade, chegando a citar as candidaturas do deputado Wilson Santos (PSDB) à prefeitura de Cuiabá; do ex-governador Rogério Salles (PSDB) que disputa o comando de Rondonópolis, entre outros.

 “Em Várzea Grande o partido do governador Pedro Taques é o DEM de Jayme Campos. Muitos tucanos da cúpula estadual até querem nos apoiar em Várzea Grande, mas não irão se opor ao governador. Esse é o motivo para o grupo de William Cardoso deixar o PSDB”, revelou um dos articuladores políticos do candidato.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *