A QUALQUER MOMENTO

Médicos de Várzea Grande fazem assembleia geral e podem entrar em greve

O Sindicato dos Médicos do Estado de Mato Grosso (Sindimed/MT), em assembleia com os médicos do Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande (PSMGV) deliberam por unanimidade iniciar estado de assembleia permanente (indicativo de greve) nesta segunda-feira (15.08).

As condições de trabalho dos médicos no município têm se deteriorado constantemente, de acordo com a presidente do Sindimed/MT, Eliana Siqueira, a possibilidade de terceirização dos serviços do Pronto-Socorro pode precarizar ainda mais o atendimento à saúde na cidade.

A categoria ainda cobre a realização de concurso público e convocação imediata dos aprovados no processo seletivo deste ano.

Na assembleia os médicos relataram diversos problemas estruturais, escassez de medicamentos, falhas nas escalas de trabalho bem com se queixam que a UPA recém inaugurada não aliviou em nada a procura ao PSVG, por falta de resolutividade.

A categoria recusa qualquer tentativa de transferência de gestão do PSMGV a Organizações Sociais de Saúde (OSs) e exige a permanência dos médicos efetivos e/ou contratados temporariamente no PSMVG, que gozam de experiência reconhecida no atendimento dos graves problemas de saúde que chegam no único hospital público de VG.

A presidente Eliana Siqueira ressalta também que ha 6 anos o Sindicato vem cobrando, sem sucesso, o cumprimento dos seguidos acordos.

“Hoje haverá reunião com a gestão no gabinete da prefeitura e esperamos que pudessem apresentar medidas eficazes para atender as reivindicações da categoria e façam valer os compromissos assumidos pelo município”, declarou.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *