https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/01/samu-e1525609790523.jpg

LUTO NA EDUCAÇÃO

Professora da Unemat morre em acidente no interior de Mato Grosso do Sul

Divulgação

A professora da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), Edileusa Gimenes Moralis, de 49 anos, morreu em um grave acidente na noite desta terça-feira (16), no município de Cassilândia (MS), a 433 Km de Campo Grande.

De acordo com informações da Polícia Militar Rodoviária, o acidente teria ocorrido após o motorista de uma carreta desviar de buracos na rodovia MS-306 e invadir a pista contrária.

O carro em que a professora estava era conduzido pelo seu marido, Ronaldo Santos Pereira.

Ele tentou evitar a colisão com a carreta, mas acabou perdendo o controle do veículo, saindo da pista e colidindo com uma árvore.

O motorista da carreta fugiu sem prestar socorro às vítimas.

Segundo a PM, Edileusa ficou presa às ferragens e morreu no local.

Ela estava fazendo pós-doutorado em Linguística na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul.

O marido dela foi encaminhado para uma unidade de saúde e passa bem.

O corpo da professora foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Paranaíba (MS) e será levado nesta quarta-feira (17) para Alto Araguaia (415 km ao Sul de Cuiabá).

O sepultamento está marcado para ocorrer nesta quinta-feira (18), no período da tarde.

Unemat

Natural de Pedra Petra (238 km ao Sul de Cuiabá), Edileusa ingressou na Unemat, no campus de Alto Araguaia, em 1990.

Ela foi diretora do campus entre 2011 e 2014.

A Universidade decretou luto de três dias com suspensão das atividades.

Conforme a assessoria da instituição, atualmente Edileusa estava atuando como vice-coordenadora do programa de pós-graduação em linguística no campus de Cáceres (225 km a Oeste da Capital).

Luto

Nas redes sociais, familiares, amigos e alunos lamentaram a morte da professora.

“Obrigada por ser esta professora tão dedicada e sempre nos receber em sua casa com imensa alegria. Hoje o céu está em festa com sua chegada. Esse sorriso sempre ficará guardado em nossas lembranças. Que Deus conforte sua família”, disse um.

“Edileusa Gimenes Moralis, não há palavras que possam expressar o meu sentimento neste momento, mas as que me vêm à mente são apenas para mostrar a todos que a Unemat perde uma profissional e eu e minha família uma amiga. Descanse em paz, e que Deus de força aos amigos, familiares”, comentou outro.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *