https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/03/tre1.jpg

ELEIÇÕES EM CUIABÁ

Pinheiro terá maior tempo de propaganda; Santanna terá 14 segundos

Divulgação

O Juízo da 37ª Zona Eleitoral se reuniu nesta quinta-feira (18/08) com candidatos e representantes de partidos e coligações de Cuiabá, e com representantes de veículos de comunicação, para definir a ordem de veiculação do horário eleitoral gratuito em rádio e televisão.

Nas Eleições Municipais 2016, a propaganda eleitoral no Rádio e TV será exibida de 26 de agosto a 29 de setembro, no caso de haver apenas um turno.

O tempo disponível para o horário eleitoral gratuito em bloco será de 20 minutos, de segunda a sábado. Serão dois blocos de 10 minutos, das 7h às 7h10 e das 12h às 12h10 no rádio; das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40, na televisão.

A propaganda em bloco será de uso exclusivo para os candidatos ao cargo de prefeito.

Já para as inserções, o tempo disponível será de 70 minutos diários, de segunda a domingo. As inserções terão duração de 30 ou 60 segundos e serão veiculadas entre 5 e 24 horas (horário de Brasília).

Do total de tempo disponível, 42 minutos serão utilizados pelos candidatos ao cargo de prefeito e 28 minutos aos candidatos ao cargo de vereador.

Em caso de segundo turno, o horário eleitoral gratuito terá início 48 após a proclamação provisória dos resultados e terminará no dia 28 de outubro.

A ordem de veiculação da propaganda obedecerá a um rodizio: o último a veicular em determinado dia, será sempre o primeiro a exibir sua propaganda eleitoral no dia seguinte.

Acesse aqui a ordem de veiculação no primeiro dia da propaganda eleitoral.

A fim de facilitar o controle e realização do horário eleitoral gratuito, uma emissora de rádio e outra de TV são nomeadas como geradoras, ou seja, se tornam responsáveis no recebimento e distribuição das propagandas (para o caso da propaganda em rede/bloco). Entre as emissoras de TV, ficou com o cargo de geradora a TV Centro América e entre as empresas de Rádio, a Gazeta FM.

Horário eleitoral gratuito sofre modificações com a minireforma eleitoral

O horário eleitoral gratuito vigorará este ano com algumas modificações em relação aos pleitos anteriores.

As mudanças, que foram trazidas pela Lei nº 13.165/2015 são: a exibição do horário eleitoral gratuito reduziu de 45 para 35 dias; não haverá mais propaganda eleitoral para vereador nos blocos, mantendo apenas as inserções; o tempo disponível para a propaganda em bloco reduziu de dois períodos diários de 30 para 10 minutos. Já as inserções tiveram aumento de 30 para 70 minutos diários.

Partidos, candidatos e coligações devem se atentar na produção das mídias

Para a televisão, os programas eleitorais devem ser gravados em mídia XDCAM, no formato MXF 50MB e para as inserções em DVD, no formado MXF.

No Rádio, as mídias devem ser entregues em CD (Compact Disc) no formato MP3, acima de 192 KBPS.

Os partidos e/ou coligações devem entregar às empresas geradoras e ao Juízo da 37ª Zona Eleitoral, a relação das pessoas responsáveis pela entrega das mídias e seus respectivos telefones.

Já as empresas geradoras devem fornecer aos partidos/coligações e à 37ª Zona Eleitoral, o nome e endereço de seu funcionário que ficará responsável pelo recebimento das mídia e mapas da mídia.

O evento realizado nesta quinta-feira (18/08), conduzido pelo juiz da 37ª Zona Eleitoral, João Alberto Menna Barreto Duarte, contou com a presença do juiz auxiliar da presidência do TRE-MT, Lídio Modesto da Silva Filho.

TEMPO DOS CANDIDATOS

Emanuel Pinheiro (PMDB), da coligação “Um novo prefeito para uma nova Cuiabá” (PMDB/PP/PTB/PSC/PR/SD),  terá o maior tempo de propaganda, com 3 minutos e 44 segundos.

Wilson Santos (PSDB), candidato à prefeitura da capital pela coligação “Dante de Oliveira” (PSDB/PPS/DEM/PV/PSD), terá 3 minutos e 12 segundos disponíveis.

Julier Sebastião da Silva (PDT), da coligação “Cuiabá: Futuro e Inclusão” (PDT/PT/PC do B), terá 1 minuto e 54 segundos para propaganda.

Serys Slhessarenko (PRB), da coligação“Cuiabá levada a sério” (PRB/PTN), terá 38 segundos.

O procurador Mauro César Lara de Barros (PSOL), terá 15 segundos de propaganda e Renato Santanna da Rede terá apenas 14 segundos.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *