https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/06/44.jpg

QUANDO JUIZ FEDERAL

Em vídeo, Julier diz que é o ‘pai’ do VLT porque autorizou retomada das obras

O candidato à prefeitura de Cuiabá pelo PDT, Julier Sebastião da Silva, participou da série de entrevistas feitas pelo SBT Comunidade, em parceria com Mato Grosso Mais, nesta quarta-feira (24), e afirmou que tomou a medida certa enquanto juiz federal de Mato Grosso ao determinar a retomada das obras do VLT, em 2011, quando o Consórcio VLT estava impedido de fazer os trabalhos.

A ação foi feita pelo Ministério Público Federal que apontou várias irregularidades e ainda citar no documento que o VLT não ficaria a tempo da Copa do Mundo de 2014.

Julier disse que já se passaram quase dois anos e até o momento o ‘cuiabano está chupando o dedo’, num claro recado a atual administração.

“Se temos governos incompetentes, cabe aos órgãos de controle fiscalizar e punir. Mas até agora, eu não vi nada”, comentou.

Para justificar a sua decisão à época, Julier argumentou que fez isso porque quer Cuiabá moderna.

“Nós vamos lutar por aquilo que eu autorizei, o VLT, eu assumo. Se for para falar que eu sou o pai do VLT, eu assumo porque fui eu quem autorizei a continuidade”, afirmou.

O VLT já custou aos cofres públicos em torno de R$ 1,066 bilhão. Assim que assumiu o governo do Estado, Pedro Taques (PSDB) pegou o modal já com as obras suspensas.

Em reunião com o ministro das Cidades esta semana, Taques espera que as obras sejam retomadas de forma compartilhada com o Governo Federal.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *