ELEIÇÃO DA DIREÇÃO

Presidente do PSD, Fávaro diz ser viável a participação do partido na Mesa da ALMT

Presidente do diretório estadual do PSD, o vice-governador Carlos Fávaro entende ser perfeitamente viável a participação do partido na composição da mesa diretora da Assembleia Legislativa para o biênio 2017/2018.

Nos bastidores, já há costurado um acordo para eleger como presidente do Legislativo o deputado estadual Eduardo Botelho (PSB) e o deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB) como primeiro- secretário.

Caberia ao PSD, partido de maior bancada no Legislativo com seis deputados, indicar um de seus parlamentares para ocupar a primeira vice-presidência.

Descartando qualquer possibilidade de intervenção na bancada do PSD, seja como dirigente partidário ou como vice-governador, Fávaro fez a única cobrança de que os parlamentares sigam com algum representante da base aliada do governador Pedro Taques (PSDB) e avalizou dois nomes para compor a primeira vice-presidência do Legislativo.

“Há total liberdade aos deputados. Não interferimos na questão. O partido tem seis deputados e o único pedido que faço é caminhar junto com algum representante da base aliada, seja o Eduardo Botelho ou Guilherme Maluf. Como é o maior partido do Legislativo, tem seu prestígio e a primeira vice-presidência está bem encaminhada. Os dois nomes cotados são o Gilmar Fabris e o Nininho”, disse.

Questionado a respeito de uma eventual resistência aos nomes de Gilmar Fabris e Ondonir Bortolini, o Nininho, para compor a mesa diretora da Assembleia Legislativa, Fávaro comentou que não vê vetos e defendeu a participação de ambos no processo de escolha.

“Não há resistência. São dois grandes nomes e dois companheiros. Todos estão inseridos na base aliada e acredito que têm muito a contribuir pela experiência no Legislativo”, comentou.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *