MISTÉRIO EM MT

Corpo carbonizado encontrado dentro de Gol pode ser de mulher desaparecida

Uma mulher de 30 anos, identificada como Rosane Ferreira Sampaio, está desaparecida desde terça-feira (6).

Na quarta-feira (7), um cadáver carbonizado foi encontrado dentro de um carro na mesma situação em Matupá (distante 695 quilômetros ao norte de Cuiabá).

Isso levou a Polícia Civil a investigar se esse corpo seria o de Rosane, informou a PJC nesta sexta-feira (10).

Tudo leva a crer tratar-se do mesmo ser humano, mas a confirmação só poderá chegar após os exames de medicina legal, forense e de material genético (teste de DNA).

Mas a probabilidade é muito grande, pois o carro encontrado queimado com restos mortais humanos dentro é de propriedade dela. Quando encontrado, ele ainda estava em chamas, ao lado do cemitério de Matupá, apesar de Rosane ser moradora de Peixoto de Azevedo (distante 672 km de Cuiabá).

Foi pelo carro (verificação do número do chassi), aliás, que os agentes chegaram até a família de Rosane Ferreira Sampaio e informaram sobre o ocorrido com o carro. Os familiares confirmaram a posse do carro e o sumiço da mulher.

Descrita pela família como de temperamento tranquilo, é mãe de uma menina de 11 anos.

Um homem, supostamente já identificado, teria sido visto com ela uma última vez viva. Assim, a linha de investigação não exclui a possibilidade de ser um crime passional. Especialmente porque o corpo foi encontrado dentro do porta-malas do carro.

Mesmo assim e talvez por isso mesmo (não atrapalhar as investigações com uma possível fuga ou alerta de algum conhecido), a polícia não revele a identidade desse suspeito.

O que se deduz é que se trata do corpo de uma mulher porque portava joias e vestia lingeries, mas mesmo isso precisa de confirmação via exame de DNA.

A Polícia Civil também quer identificar quem seria o homem que ligou para a Polícia Militar denunciando que um carro pegava fogo perto da estrada. As chamas só foram controladas com a ajuda de um caminhão-pipa.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *