https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/08/wilson-e-mauro.jpg

GALINHO QUENTE

Wilson diz que foi o ‘coveiro’ do Fap e anuncia secretários de Mendes

O candidato a prefeito de Cuiabá, Wilson Santos (PSDB), participou, nesta segunda-feira (12), de um programa na TV Record de Mato Grosso.

Na entrevista, Wilson Santos disse que não se incomoda com os ataques que são feitos por outros candidatos à sua candidatura. “Estão batendo até pouco”, comentou.

Wilson, que foi prefeito de Cuiabá por dois mandatos, culpa o seu sucessor, o vice-prefeito Chico Galindo (PTB), de não ter concluído as obras do Rodoanel, na qual o candidato tucano é réu eu uma ação na Justiça.

“O Galindo optou em não concluir e passar a obra para o Dnit”, disse.

Já sobre o atual prefeito, Wilson revelou que vai concluir as obras em andamento da gestão Mauro Mendes (PSB), como o novo pronto-socorro.

O candidato também adiantou que pegará pelo menos seis secretários de Mauro Mendes para manter em sua gestão.

Thiago França, Beto Dois a Um, José Stoppa estão entre os nomes citados.

Wilson Santos também aproveitou a entrevista para cutucar o seu principal adversário, Emanuel Pinheiro (PMDB).

O Galinho alfinetou dizendo que poderia estar aposentado, já que tem 22 anos de serviços públicos.

“Eu poderia, desde o tempo que poderia aposentar, com mais de R$ 6 milhões no bolso”.

O candidato tucano ainda comentou que ele, juntamente com a candidata Serys Slheressarenko (PRB), foi o autor do pedido para extinguir o Fundo de Assistência Parlamentar, o chamado FAP da Assembleia Legislativa do Estado.

“Eu fui o coveiro do FAP junto com a Serys”, comentou.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *