CAOS ECONÔMICO

Taques sinaliza decretar estado de calamidade em virtude da crise econômica

O governador Pedro Taques e os secretários Paulo Taques (Casa Civil) e Seneri Paludo (Fazenda), atendem à imprensa nesta quarta-feira (14.09) para explicar os motivos que podem levar Mato Grosso, e mais 13 Estados, a editarem Decreto de Calamidade.

Nesta terça-feira (13.09) Taques esteve em Brasília onde pediu apoio à presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, na intervenção junto ao Governo Federal por mais recursos para os Estados.

O governador de Mato Grosso também voltou a cobrar do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, o pagamento do Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX).

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *