https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/04/martelo-judicial-e1519399181402.jpg

ELEIÇÃO EM SINOP

Juiz manda suspender programa eleitoral de Rosana Martinelli por mentir

Divulgação

A Justiça Eleitoral deferiu liminar para que a candidata a prefeita de Sinop, Rosana Martinelli (PR), retire imediatamente do ar as inserções e o programa em que induz o eleitor a erro, ao afirmar que o candidato a vice-prefeito do município, vereador Fernando Assunção (PSDB), se omitiu ao não participar de uma comissão criada no parlamento municipal, com o intuito de investigar irregularidades na cobrança da tarifa do serviço de fornecimento de água.

Fernando Assunção, que é candidato a vice de Roberto Dorner (PSDB), está licenciado do cargo de vereador, justamente devido ao pleito municipal, portanto, ele não poderia participar da comissão instaurada recentemente.

“Os programas da coligação representada (Sinop Cada Vez Melhor) utilizou fato inverídico envolvendo o representante (Fernando Assunção)”, disse o juiz, em sua decisão.

De acordo com ele, ao dizer que Fernando não quis participar da Comissão na Câmara de Vereadores para investigar irregularidades na cobrança da tarifa do serviço de fornecimento de água, imputando-lhe conduta omissiva na sua função de fiscalizar, quando na verdade, ele nâo pôde participar da referida comissão por estar licenciado de seu mandato de vereaador, Rosana disse inverdades no programa eleitoral.

“A afirmação efetivada no programa da coligação representada, impôs ao representante a pecha de vereador omisso, além de configurar fato sabidamente inverídico”, afirmou o magistrado.

Caso a republicana descumpra a decisão, ela terá que pagar multa no valor de R$ 10 mil no caso de cada descumprimento.

Veja Mais

Um comentário em “Juiz manda suspender programa eleitoral de Rosana Martinelli por mentir”

  1. Sinopense disse:

    Ninguém aguenta essa demagogia do dorner, até ontem tinha imóveis alugados para a prefeitura e só falava bem do prefeito e mal do assunção, agora, o prefeito virou vilao e o assunção um amigo e companheiro.
    Tem dó. Política ridícula.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *