13 MIL AGÊNCIAS FECHADAS

Greve dos bancários em Mato Grosso chega a duas semanas sem prazo para terminar

A Greve Nacional dos Bancários chega ao seu décimo quinto dia com intensa mobilização do Sindicato dos Bancários de Mato Grosso (Seeb/MT). Sem previsão de nova negociação, a greve segue por tempo indeterminado.

E, nesta terça-feira, 20 de setembro, pelo segundo dia consecutivo, o Sindicato distribuiu bananas para a população em um café da manhã, para simbolizar o desrespeito e o descaso dos banqueiros com os bancários e com a população.

O protesto foi realizado em frente ao Bradesco, na Av. Couto Magalhães, no Centro financeiro de Várzea Grande e contou com a adesão dos bancários e clientes.

De acordo com dados da Confederação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) 13 mil agências, das 23 mil agências do Brasil, estão fechadas em protesto à política de arrocho salarial dos bancos.  Em Mato Grosso são mais de 270 agências fechadas em mais de 45 municípios.

Para o presidente do Seeb/MT, Clodoaldo Barbosa, a greve continua em resposta ao desrespeito da Federação dos Bancos (Fenaban), que na mesa de negociação insistem em uma proposta já rejeitada pela categoria, com reajuste abaixo da inflação e abono.

“Estão embromando, ao sentar-se à mesa de negociação sem proposta. Estão desrespeitando a categoria, seus clientes e usuários. A greve continua por falta de responsabilidade dos patrões que estão dando uma banana para os trabalhadores e para toda a sociedade”, afirma.

“E não é só por salário que os bancários estão lutando. Queremos mais contratações, porque os bancos estão demitindo e não estão contratando, sobrecarregando os bancários que ficam trabalhando na agência fazendo várias funções. Além de precarizar o atendimento, empurra os clientes para autoatendimento, postos autorizados e lotéricas sem segurança”, completa o presidente ressaltando que a população precisa cobrar responsabilidade social dos bancos.

Mais atividades como as que foram realizadas ontem no centro financeiro de Cuiabá e hoje em Várzea Grande, estão programadas para acontecer no decorre da semana em vários pontos de Cuiabá.

Confira a programação:

Ø  Quarta (21.09), no Bradesco do Coxipó, na  Fernando Correa,

Ø  Quinta (22.09) na Av Historiador Rubens de Mendonça, (será definida a agência),

Ø  Sexta (23.09) na agência do Itaú, Av. Getúlio Vargas (próximo ao Chopão), sempre às 8h.

Veja Mais

2 comentários em “Greve dos bancários em Mato Grosso chega a duas semanas sem prazo para terminar”

  1. marcelo disse:

    Isso so ta pejudicando a população como sempre

    1. Anônimo disse:

      Cambada de picaretas . Querem ganhar mais então estudem mais. E faça uma faculdade. Se querem ganhar mais. Agora. Prejudica as pessoas que precisam do atendimento. Necessário. Por isso que o brasil não vai pra frente. Apoiando esse tipo de pilantragem

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *