https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/08/Dalton-Martini11.jpg

PLATEIA DE 2 MIL

Dalton discursa para acadêmicos e lança proposta da “Universidade Municipal”

O candidato a prefeito de Sinop, Dalton Martini (PP), e o vice, Joselito Backes, participaram, nesta terça-feira (20), do Encontro de Candidatos na Faculdade de Sinop (Fasipe).

O evento foi realizado durante o Congresso Científico da Fasipe (Concipe). A majoritária teve dez minutos para expor o Plano de Governo.

Durante o discurso, o progressista apresentou algumas de suas propostas e a educação foi o principal tema abordado. Para cerca de 2,2 mil acadêmicos, Dalton destacou a implantação da Universidade Municipal.

A proposta consiste em conceder vagas em universidades particulares para alunos carentes do município.

“Essa proposta nasceu aqui dentro dessa faculdade, mas por falta de interesse da atual gestão não saiu do papel”, lembrou. “Nós temos um dos maiores pagadores de ISSQN [Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza] do município, hoje, a Fasipe e a Unic. Vamos fazer uma isenção desses recursos e transformá-los em bolsas para os nossos universitários”, detalhou. “Isso é possível e nós vamos fazer”, emendou sob aplausos dos participantes.

Dalton explicou ainda que a classificação dos alunos será feita por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), realizado todos os anos pelo Ministério da Educação. A nota da prova será usada para selecionar os aprovados. Serão ofertadas bolsas integrais e também de 50% de desconto.

Ele ainda destacou o compromisso de implantar o projeto Creche Coração de Mãe (construção de novas unidades em bairros desassistidos), e também o Ensino em Tempo Integral no ensino fundamental.

“Nós vamos tratar a educação com carinho, porque não podemos aceitar que nossas crianças fiquem fora da sala de aula. Não podemos aceitar que não temos creches. Temos que ter escolas de qualidade no ensino básico. É proposta nossa criar o ensino de tempo integral e nós vamos fazer”, disparou.

Ao relatar as propostas para a saúde, Dalton lembrou do projeto proposto pelo reitor da Fasipe, Deivison Benedito Campos Pinto, de criar um posto de saúde dentro da instituição para atender os moradores dos bairros do entorno da faculdade.

“Ele fez a proposta e o Legislativo prontamente atendeu, mas infelizmente, não aconteceu por falta de vontade política do nosso gestor”, pontuou.

Outra proposta apresentada pelo progressista para saúde, foi a construção de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no bairro São Cristóvão.

A unidade deverá ser construída com recursos municipal e federal. No período em que a obra estiver em andamento, serão colocados três postos de saúde para funcionar 24h, nos bairros Sebastião de Matos, Menino Jesus e Ibirapuera.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *