https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/04/martelo-judicial-e1519399181402.jpg

FESTA DE ANIVERSÁRIO

Juíza nega liberdade para homem acusado de matar em baile funk em Cuiabá

Divulgação

A juíza Maria Aparecida Fago, da 12ª Vara Criminal de Cuiabá, negou o pedido de liberdade feito pela defesa de Elton Victor Silvestre de Silva, de 19 anos.

A decisão é do dia 27 de setembro deste ano e foi publicada no Diário Eletrônico de Justiça.

Elton é acusado de matar a tiros Maik Joilson Gusmão Nascimento, de 19 anos, durante uma festa funk realizada no Residencial Aricá, em um local conhecido como Casa da Árvore, em Cuiabá.

A festa era do irmão da vítima, Valdevino Janderson Gusmão Nascimento, que comemorava 21 anos, e 100 pessoas participavam do aniversário.

O crime aconteceu no dia primeiro de maio deste ano. O acusado foi preso na cidade de Araputanga, interior de Mato Grosso.

Consta na denúncia do Ministério Público do Estado que já no final da festa, na portaria do evento, por volta das 21h, iniciou-se uma discussão entre o denunciado e o amigo da vítima, Marcos Adriano dos Santos, oportunidade em que a vítima Maik e seu irmão Solimar foram apaziguar a situação, momento em que, Elton Victor Silvestre, surpreendeu os festeiros, sacou a sua pistola e desferiu os tiros contra Maik, que não resistiu e morreu.

Ao efetuar os disparos contra Maik, Elton ainda atingiu Edilson Pedro da Silva Filho, que conseguiu sobreviver.

Segundo a denúncia, o crime foi praticado por motivo fútil, por ter a vítima tentado separar o denunciado e Marcos.

De acordo com o MPE, o assassinato foi cometido utilizando-se de recurso que dificultou a defesa da vítima, quando a mesma fora surpreendida com os disparos e não pode esboçar qualquer reação.

Elton está preso na Penitenciária Central do Estado.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *