https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/10/CONTA-DE-LUZ-e1519417376945.jpg

LEI SANCIONADA

11 hospitais filantrópicos de MT não pagarão ICMS na conta de energia elétrica

Divulgação

O governador Pedro Taques (PSDB) sancionou a lei nº 10437 que isenta do ICMS o fornecimento de energia elétrica para os hospitais filantrópicos de Mato Grosso.

A Lei foi aprovada pelos deputados estaduais da Assembleia Legislativa de Mato Grosso e beneficia 11 unidades de saúde do Estado, entre elas: Hospital Beneficente Santa Helena e Sociedade Beneficente da Santa Casa de Misericórdia.

O Governo alerta que as instituições de saúde filantrópicas não contempladas terão o prazo de 90 dias da data da publicação desta Lei para cadastrar-se diretamente na Secretaria de Estado de Fazenda e requerer a isenção do ICMS no fornecimento de energia elétrica.

O Estado também cita que uma vez verificado que a entidade relacionada perdeu a condição de entidade beneficente de assistência social, nos termos da Lei Federal n° 12.101, de 27 de novembro de 2009, fica o Poder Executivo autorizado a declarar a exclusão de entidade da referida relação.

A lei foi publicada no Diário Oficial do Estado que circula neste sábado (1).

VEJA A ÍNTEGRA DA LEI ABAIXO

A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MATO GROSSO, tendo em vista o que dispõe o art. 42 da Constituição Estadual, aprova e o Governador do Estado sanciona a seguinte Lei:

Art. 1º  Ficam isentas do ICMS as operações internas de fornecimento de energia elétrica destinada a consumo pelos hospitais filantrópicos, desde que classificados como entidade beneficente de assistência social, nos termos da Lei Federal nº 12.101, de 27 de novembro de 2009, a seguir arrolados:

Município CNPJ Entidade
I Cuiabá 03.468.485/0001-30 Associação de Proteção à Maternidade e à Infância de Cuiabá
II Cuiabá 05.877.609/0001-67 Hospital Beneficente Santa Helena
III Cuiabá 03.476.629/0001-09 Sociedade Beneficente da Santa Casa de Misericórdia
IV Cáceres 60.922.168/0018-24 Associação Congregação de Santa Catarina
V Campo Novo do Parecis 04.854.005/0001-32 Associação Pro Saúde do Parecis
VI Lucas do Rio Verde 03.178.170/0001-59 Fundação Luverdense de Saúde
VII Poconé 03.073.889/0001-25 Associação Beneficência Poconeana
VIII Poxoréo 03.128.118/0001-98 Sociedade Hospitalar São João Batista
IX Rondonópolis 00.176.040/0001-99 Associação Espírita Beneficente Paulo de Tarso
X Rondonópolis 03.099.157/0001-04 Santa Casa de Misericórdia e Maternidade de Rondonópolis
XI Sinop 32.944.118/0001-64 Fundação de Saúde Comunitária de Sinop

  • As instituições de saúde filantrópicas não contempladas nos incisos do caput do presente artigo terão o prazo de 90 (noventa) dias da data da publicação desta Lei para cadastrar-se diretamente na Secretaria de Estado de Fazenda – SEFAZ/MT e requerer a isenção do ICMS no fornecimento de energia elétrica.
  • 2º  Fica o Poder Executivo autorizado a, anualmente, mediante edição de decreto, incluir novas entidades beneficentes de assistência social, com atuação como hospital filantrópico, na relação de que trata esta Lei, desde que atendidas as disposições da mencionada Lei Federal n° 12.101, de 27 de novembro de 2009.
  • 3º  Uma vez verificado que a entidade relacionada nos incisos do caput deste artigo perdeu a condição de entidade beneficente de assistência social, nos termos da Lei Federal n° 12.101, de 27 de novembro de 2009, fica o Poder Executivo, mediante a edição de normas complementares pela Secretaria Adjunta da Receita Pública da Secretaria de Estado de Fazenda, autorizado a declarar a exclusão de entidade da referida relação.
  • 4º  Na hipótese de revogação da Lei Federal nº 12.101, de 27 de novembro de 2009, para fins de aplicação das disposições desta Lei, serão observados os critérios definidos pela lei que a substituir.
  • O disposto no caput do art. 1º se aplica na proporcionalidade ao número de leitos (SUS) nos hospitais filantrópicos que atendem a população através de planos de saúde e/ou particular.

Art. 2º O Poder Executivo deverá regulamentar a aplicação desta Lei no prazo de 90 (noventa) dias, contados da respectiva publicação.

Art. 3º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, produzindo efeitos a partir da aprovação do convênio no âmbito do Conselho Nacional de Política Fazendária – CONFAZ.

Palácio Paiaguás, em Cuiabá,  30  de   setembro   de 2016, 195º da Independência e 128º da República.

Veja Mais

Um comentário em “11 hospitais filantrópicos de MT não pagarão ICMS na conta de energia elétrica”

  1. badé disse:

    ………….. desde que esse valor do ICMS, seja revertido em melhoria de atendimento

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *