https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/POLÍCIA-MILITAR.jpg

EM BARRA DO BUGRES

Acusado de matar oficial da PM é baleado em tentativa de assalto em MT; assista

Divulgação

Governo do Estado convoca mais 1.340 candidatos do concurso. Foto: Divulgação

Moradores da cidade de Barra do Bugres, interior de Mato Grosso, viveram momentos de pânico no final da manhã desta quarta-feira (5).

Um assalto realizado por uma quadrilha no banco Sicredi mobilizou todo o aparato policial da cidade.

Um dos assaltantes foi baleado e precisou ser encaminhado para uma unidade de saúde.

O suspeito baleado pelo vigia da agência é V.Z., de 17 anos.

O bandido foi atingido pelo guarda do banco, que ao perceber que estava armado reagiu e fez vários disparos.

Aos policiais militares que atenderam a ocorrência e o socorreram, o adolescente relatou que agia juntamente com outros três suspeitos e que ficaram hospedados em uma casa da cidade.

O comandante da 12ª Companhia de Polícia Militar de Barra do Bugres, major Pedro Miguel de Souza, informou que as duas mulheres detidas, sendo uma menor de idade, são acusadas de dar apoio à ação dos criminosos.

Na casa em que elas supostamente hospedaram os acusados a PM localizou um veículo Corsa, modelo classic, que teria sido empregado na cobertura ao plano de roubo, além de porções de droga, celulares e três munições de revólver calibre 38, sendo duas intactas e uma deflagrada.

A moto usada por V.Z. e seu comparsa, uma Honda preta com placa de Cuiabá, também foi apreendida.

A polícia apurou que minutos após a tentativa de assalto a mulher que os hospedava, L.O.T., de 21 anos, recebeu a moto do comparsa do adolescente e a usou para ir até o Sicredi verificar o estado de saúde do assaltante baleado.

Os três homens que fugiram já foram identificados. A PM continua em diligência com o objetivo de capturá-los.

O suspeito ferido permanece internado no Hospital de Barra do Bugres. O vigia se apresentou espontaneamente à Polícia para prestar esclarecimentos.

O menor baleado é o mesmo que matou o tenente-coronel Helton Vagner Martins, em Sinop, em agosto do ano passado, em um assalto.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *