R$ 26 MILHÕES

Governo paga restante do salário dos servidores da Segurança nesta sexta-feira

O Governado do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) paga nesta sexta-feira (07.10) o salário do mês de setembro de todos os servidores da Segurança Pública do Estado que ganham mais de R$ 6 mil líquidos. Os servidores com salário abaixo de R$ 6 mil líquidos receberam no último dia 30.

Com a medida, o Governo antecipa em três dias o pagamento destes servidores, visto que a previsão inicial era de que o pagamento seria realizado na segunda-feira (10.10), conforme previsão da Constituição Estadual. Ao todo serão pagos R$ 26 milhões na economia.

O secretário de Estado de Fazenda, Seneri Paludo, comemorou o feito e destacou que o pagamento foi possível graças a economia feita com o custeio da máquina pública. “Essa antecipação é o resultado dos nossos esforços no contingenciamento das despesas de outras pastas”, disse.

Todos os servidores efetivos recebem no salário de setembro a primeira parcela de 2% de aumento referente ao Reajuste Geral Anual (RGA).

De forma excepcional, neste mês de setembro o Governo de Mato Grosso pagou os servidores em datas distintas.

Dentro do mês de setembro, no último dia 30, receberam os servidores que ganham menos de R$ 6 mil líquidos, juntos eles representam 90% do total de servidores na folha de pagamento.

Nesta sexta-feira o governo quitou o salário dos servidores da segurança que ganham mais de R$ 6 mil líquidos e na próxima segunda-feira (10.10) paga o restante dos servidores que recebem acima de R$ 6 mil líquidos.

Como já vem ocorrendo, o 13º salário dos servidores efetivos que fizeram aniversário no mês de setembro será depositado no próximo até o próximo dia 15.10.

Veja Mais

Um comentário em “Governo paga restante do salário dos servidores da Segurança nesta sexta-feira”

  1. Teka Almeida disse:

    Não fez mais que a obrigação. Mas essa atitude não tem haver com respeito ao servidor público não, o que ele quer é reverter créditos para o WS, mas tentativa em vão, quero ver dia 28/10 quanto e quantos ele vai pagar, pois dia 30/10 é o segundo turno, dia decisivo prá ele. Um governo que torna público uma obrigação de forma a auto promoção é no mínimo chocante prá não falar outra coisa.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *