https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/guilherme-maluf-foto-mauricio-barbant-almt.jpg

INFORMAÇÃO

Parceria com o TRT levará orientações sobre trabalho seguro através da TV AL

Maurício Barbant

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Guilherme Maluf (PSDB), e a presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 23ª região, desembargadora Maria Beatriz Theodoro Gomes, assinaram hoje (10) um acordo de cooperação técnica que permitirá a veiculação, na TV Assembleia, do programa “Trabalho em Revista”, produzido pela equipe de comunicação do Tribunal. O objetivo é oferecer ao telespectador informações sobre direito do trabalho, combate ao trabalho infantil e escravo e prevenção de acidentes de trabalho.

Para o presidente da ALMT, este acordo – a exemplo de outras parcerias institucionais que o Legislativo já mantém com o Tribunal de Justiça, o Tribunal de Contas e a Câmara de Cuiabá – permitirá que o cidadão da Capital e do interior receba todas as informações sobre as questões trabalhistas, os direitos e deveres do trabalhador e do empregador.

“Esta parceria se reveste de importância ainda maior a partir da decisão do TRT em investir nas ações preventivas, que será feita também através destes esclarecimentos ao público, levando informações de cidadania. Estamos colaborando com a Justiça do Trabalho, num momento muito positivo da TV Assembleia, que se prepara para levar seu sinal via satélite para todos os municípios”, disse Guilherme Maluf.

Para a desembargadora Maria Beatriz Theodoro Gomes, esta parceria vai possibilitar a divulgação das ações do tribunal e, mais ainda, levar ao trabalhador e ao empregador noções gerais de direito do trabalho, orientações sobre como se portar na contratação e na garantia de segurança no ambiente de trabalho.

“Penso que todos saem ganhando com este acordo, pois a meta de assegurar um ambiente de trabalho seguro beneficia não só o trabalhador, mas também a empresa. Ações afirmativas de cidadania, como o combate ao trabalho escravo e infantil, estão na essência dos trabalhos do Tribunal e por isso agradecemos a receptividade do legislativo em firmar este acordo”, disse a magistrada.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *