https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/12/WILSON-SANTOS1.jpg

ELEIÇÃO EM CUIABÁ

Caso eleito, Wilson Santos quer peladão com 500 equipes participantes

Divulgação

A partir de 2017, a Prefeitura de Cuiabá vai perseguir o recorde de 500 clubes participantes do Peladão, para se tornar o maior campeonato de futebol amador do mundo.

O compromisso foi firmado pelo candidato a prefeito Wilson Santos (PSDB) com dezenas de dirigentes de clubes e ligas amadoras, no salão do Comitê de Mobilização, na Avenida Miguel Sutil – Cidade Alta, região Oeste de Cuiabá, na noite desta sexta-feira (14).

Atualmente, a competição de Mato Grosso é superada somente pelo Peladão Brahma, realizado pelo jornal ‘O Liberal’, de Manaus (AM), com quase 500 clubes.

“Estamos fazendo aqui o compromisso de passar de 500 clubes. Talvez superar até mesmo 600 agremiações inscritas. Neste ano, na retomada do Peladão, com execução do governo de Mato Grosso, já tivemos mais de 200 equipes”, destacou Wilson, que enalteceu o comparecimento de quase 25 mil torcedores à Arena do Pantanal, na partida decisiva.

“É um compromisso firmado aqui. Vamos cumprir”, definiu Wilson, ao lado do governador Pedro Taques.

Wilson lembrou que o Peladão é o pulmão do futebol amador de Mato Grosso e, além da integração das comunidades, propicia o surgimento de novos talentos, que, futuramente, podem ser aproveitados pelos clubes de Cuiabá e até mesmo “exportados”, para outros estados.

O principal exemplo é o atacante Jael, revelado pelo Clube Amigos 100%, do CPA-III, e que já passou por grandes clubes do país, como Flamengo e Atlético Paranaense.

Idealizador do evento, o radialista Cláudio Quiésqui acredita que, em 2017, será possível passar fácil dos 300 clubes inscritos.

E, também, considera factível a realização do Peladão com recorde de clubes já a partir de 2018, ultrapassando a marca de 500 equipes.

Em jogos decisivos, o Peladão chegou a reunir 15 mil pessoas no mini-estádio do CPA-I (Morada da Serra) e quase 10 mil no Estádio Presidente Dutra.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *