https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/09/emanuel-pinheiro.jpg

ELEIÇÃO NA CAPITAL

Médicos do HGU pedem portas abertas na Prefeitura e declaram apoio a Emanuel

Membros da diretoria, da equipe médica e funcionários do Hospital Geral Universitário (HGU) de Cuiabá pediram portas abertas na Prefeitura e canal de diálogo permanente com o candidato a prefeito Emanuel Pinheiro, caso eleito, para solução rápida de entraves na saúde. Eles também declararam apoio ao candidato, durante visita do peemedebista à unidade.

O cirurgião geral Antônio Figueiredo demonstrou preocupação com atrasos nos repasses do Governo Federal, constitucionalmente realizado por meio da Prefeitura. Ele explicou que o HGU é o único hospital público do Estado de Mato Grosso com portas abertas para cirurgias neurológicas e cardíacas, atendendo pacientes que vem dos quatro cantos do Estado.

Alerta também que para manter essa estrutura é dispendioso, qualquer atraso de pagamentos pode inviabilizar e paralisar esses atendimentos e procedimentos cirúrgicos.
Conforme dados da diretoria do HGU, 98% dos atendimentos do HGU são destinados ao SUS, o que representa R$ 4 milhões em repasses mensais.

O hospital realiza 16 mil atendimentos, 700 internações, 4.600 consultas e 80 cirurgias cardíacas e neurológicas por mês, além de cirurgias de outras especialidades. A unidade também possui 226 leitos, sendo 15 na pediatria.

“Queremos ser tratados como parceiros, ser recebidos na hora certa das dificuldades e amarguras. Quando a secretaria municipal de saúde não coopera, atrasa ou fraciona esse pagamento fica muito difícil de trabalhar”, frisou Figueiredo.

O médico também declarou seu apoio. “Emanuel, votei em você no primeiro turno e vou votar de novo no segundo, porque acompanhei de perto a história da sua família desde antes de você nascer e sei do compromisso que vocês têm com Cuiabá. Quem tratar o hospital melhor terá o nosso apoio”, declarou.

Emanuel garantiu que será um prefeito parceiro. Ele garantiu ainda que o diálogo é a marca e o estilo dele trabalhar. “Eu serei muito melhor e mais acessível depois de eleito do que como candidato”, garantiu.

Ao perceber o anseio dos trabalhadores da unidade de saúde por melhorias na segurança pública, Emanuel também apresentou a proposta de implantar o Programa Jornada Voluntária para que policiais militares, em suas horas de folga, possam reforçar a segurança da cidade sendo remunerados pela Prefeitura.

Ele destacou ainda o Projeto Anjos da Guarda que colocará guardas municipais armados para fazer rondas no entorno das escolas e proteger as crianças do tráfico de drogas.

Além disso, Emanuel apresentou a proposta do Patrulhamento Ostensivo Volante (POVO) para garantir a segurança nas comunidades mais violentas de Cuiabá, que já estão mapeadas. Este trabalho também será feito por policiais militares em conjunto com a guarda municipal.

Veja Mais

Um comentário em “Médicos do HGU pedem portas abertas na Prefeitura e declaram apoio a Emanuel”

  1. jose alves silva disse:

    Silval Barbosa não tinha oposição. Sem ninguém que colocasse freios, que fiscalizasse, que pressionasse, deu no que deu. Ele está preso, juntamente com outros integrantes que são confessos.
    Alguns elementos da quadrilha celebraram acordos de delação premiada, onde descreveram o funcionamento da organização criminosa e entregaram bens obtidos ilicitamente. Nenhum governo se sustenta sozinho, como todos sabem. É necessário o amparo parlamentar. Tanto que, pouco tempo depois do desbaratamento da quadrilha, o que se viu foi o envolvimento de outros parlamentares.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *