EFEITO OPERAÇÃO THEATRUM

Membro da CPI das Obras da Copa, Dilmar não votou relatório final

O deputado estadual Dilmar Dal Bosco (DEM) não participou da votação do relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Obras da Copa, onde o mesmo é membro, nesta terça-feira (18), por causa ainda da Operação Theatrum, que também ocorreu no mesmo dia, em Mato Grosso.

Dilmar deve participar nesta quarta-feira (19) da votação do relatório final com os outros 23 deputados.

CPI DAS OBRAS DA COPA

O documento, composto de aproximadamente 3,4 mil páginas, com 123 anexos, é resultado de aproximadamente um ano de investigações, período no qual foram realizadas cerca de 55 reuniões (entre ordinárias e extraordinárias), ouvidas 73 pessoas e analisadas mais de 500 mil páginas de documentos.

A CPI teve seu ato de instalação publicado no final de março de 2015, mas os trabalhos só iniciaram efetivamente em meados de agosto do mesmo ano.

O prazo se deu para efetivação da contratação da equipe técnica, composta de 15 pessoas, entre advogados, engenheiros e outros profissionais, que auxiliaram desde o início o trabalho de investigação protagonizado pelos deputados Oscar Bezerra (PSB) – presidente –, Mauro Savi (PSB) – relator –, Dilmar Dal Bosco (DEM), Silvano Amaral (PMDB) e Wagner Ramos (PR).

A entrega do relatório final ao presidente da ALMT será realizada na sala das comissões (nº 202), às 15h, oportunidade em que os deputados membros atenderão a imprensa para esclarecimentos sobre o resultado obtido.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *