https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/PALÁCIO-PAIAGUÁS.jpg

NO DIÁRIO OFICIAL

Governo publica Criação da Frente Parlamentar em Defesa do Comércio

Divulgação

A publicação no Diário Oficial foi no dia 18 de outubro, o Ato nº 040/2016, mas a solenidade de lançamento da Frente Parlamentar em Defesa do Comércio será no dia 07 de novembro (segunda-feira), às 14h na Assembleia Legislativa.

O Ato assinado pelo presidente da Assembleia Legislativa do Estado, o deputado Guilherme Malouf, nomeou como coordenador-geral da Frente Parlamentar em Defesa do Setor de Comércio de Bens, Serviços e Turismo, o deputado Oscar Bezerra e membros, os deputados Zé Domingos Fraga, Sebastião Rezende, Dilmar Dal Bosco, Carlos Avalone e Janaina Riva.

A Frente Parlamentar em Defesa do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Mato Grosso foi uma reivindicação da Fecomércio-MT.

A articulação junto à Assembleia Legislativa começou no mês de agosto, com a visita do presidente da Federação, Hermes Martins e do superintendente Evaldo Silva, ao deputado Estadual Oscar Bezerra (PSB).

A partir daí o documento solicitando a criação dessa Frente Parlamentar para defender os interesses dos empresários, foi apresentado em sessão plenária e já garantiu as assinaturas necessárias para criação.

“A Frente Parlamentar é uma vitória para o segmento. Além da iniciativa de implantar o Sistema Renalegis, em que a equipe jurídica da Fecomércio acompanha todas os projetos de lei do legislativo estadual e municipal, que possam afetar o comércio, nós conseguimos articular esse grupo de legisladores para que eles tenham mais atenção às necessidades do comércio mato-grossense antes de propor e aprovar leis que possam trazer reflexo para o setor produtivo do Estado”, disse Hermes Martins, presidente da Federação.

A criação da Frente Parlamentar surgiu depois de uma reunião entre Hermes e o Superintendente Evaldo Silva, com o deputado Oscar Bezerra (PSB), onde foi feita solicitação formal com a entrega de um ofício.

“Nosso objetivo é defender o direito dos empresários do comércio. Nós geramos emprego e renda, movimentamos a economia. Quando o comércio vai mal, toda a sociedade sofre. Por isso nossa expectativa é que os legisladores atuem de modo a favorecer o desenvolvimento do setor, com leis que ajudem a alavancar nossa economia e a atividade”, ressaltou Hermes que fez questão de frizar que a participação da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo junto à AL será bem ativa, fazendo referência ao Sistena Renalegis.

O Sistema acompanha em tempo integral, via online, todos os projetos de lei propostos na Assembleia Legislativa.

Essas propostas são imediatamente analisadas pela equipe jurídica da Fecomércio-MT, e se a proposta afetar de alguma maneira o segmento de maneira negativa, a entidade se posicionará, emitindo notas técnicas que serão encaminhadas aos deputados.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *