UM MORREU

Assaltantes invadem churrascaria em Cuiabá e são recebidos à bala por cliente

Um escrivão da Polícia Civil reagiu a um assalto e acabou baleando um ladrão e matando outro na noite de segunda-feira (14) na Churrascaria Rancho Gaúcho, em Cuiabá.

Os ladrões chegaram em uma moto e anunciaram o assalto no estabelecimento. De imediato o policial atirou. Um morreu no local e outro pode perder o braço.

O caso aconteceu por volta das 23h45 na churrascaria que fica instalada nas proximidades da Todimo Home Center, no bairro Consil, em Cuiabá.

A Polícia Civil chegou a anunciar Recanto Gaúcho, mas a informação foi corrigida.

De acordo com o relato da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), os clientes estavam saindo quando houve a tentativa de roubo.

Os ladrões chegaram armados e nem tiraram o capacete das cabeças para não serem identificados. Quando eles apontaram as armas, e bastante nervosos disseram que iriam atirar se alguém reagisse, o escrivão sacou seu revólver e respondeu ao ato criminoso.

Um dos bandidos, ainda não identificado, levou cinco tiros e morreu no local.

Nesse interím o comparsa fugiu e minutos depois deu entrada no Pronto-Socorro de Várzea Grande. Ele levou um tiro no braço e corre o risco de ter o membro amputado.

Ele está sob escolta policial e após recuperação será preso.

O caso foi atendido pelo delegado Marcelo Jardim, que abriu inquérito para investigar o caso.

O escrivão permaneceu no local e prestou todos os esclarecimentos necessários do caso que começou como tentativa de roubo e terminou com os ladrões baleados.

A reportagem entrou em contato com a direção da churrascaria, mas não foi atendida.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *