https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/11/MT-Escola-de-Teatro-7.jpg

ATÉ 30 DE NOVEMBRO

MT Escola de Teatro abre inscrições para sete cursos regulares

Estão abertas, até o dia 30 de novembro, as inscrições para os cursos regulares ofertados pela MT Escola de Teatro. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas exclusivamente pela internet, pelo e-mail mtescoladeteatro@adaap.org.br. O título do e-mail deverá ser Chamamento MT Escola de Teatro. Mais informações e ficha de inscrição estão disponíveis no link.

São 50 vagas no total para sete cursos – atuação, cenografia e figurino, direção, dramaturgia, iluminação, sonoplastia e produção cultural – voltados para a comunidade em geral, principalmente aos interessados no estudo do teatro como atividade profissional. As aulas serão ministradas no Cine Teatro Cuiabá, aos sábados e domingos, das 9h às 18h, podendo haver atividades pedagógicas durante a semana.

O sistema pedagógico utilizado será o desenvolvido pela Associação dos Artistas Amigos da Praça, que administra a SP Escola de Teatro, uma das maiores e mais conceituadas escolas de artes cênicas da América latina. A criação da MT Escola de Teatro é parte integrante das ações do Cine Teatro e foi incluída pela Secretaria de Estado de Cultura (SEC) no último edital de gestão compartilhada do espaço, administrado pela Associação Cultural Cena Onze.

A solenidade de abertura da MT Escola de Teatro aconteceu na noite desta segunda-feira (14), no CTC, e contou com a presença do ministro das Relações Exteriores, José Serra, além do governador Pedro Taques, do secretário de Cultura, Leandro Carvalho e do diretor da SP Escola de Teatro, Ivam Cabral, além de autoridades, atores, diretores, produtores culturais, classe artística e apoiadores da cultura em geral.

“Este é um evento significativo. Estamos vivendo um momento que todos chamam de crise, mas é nos momentos de crise que temos que pensar longe, falar sobre arte e cultura”, frisou o governador Pedro Taques. “Sempre é bom criar espaços, equipamentos, mostrar que é possível fazer cultura mesmo nestes momentos. E cultura não se faz apenas na Capital. Estamos incentivando e buscando levar o que temos de melhor nesta área também para o interior”.

Os cursos oferecidos pela instituição vão muito além do fazer teatro. “Não se trata apenas de uma escola de interpretação. É para quem quer construir o teatro, aquele que acontece do palco aos bastidores. É para formar profissionais que exerçam tarefas que precisam ter qualificação para que sejam bem desempenhadas”, observou o ministro Serra, um dos responsáveis pela criação da SP Escola de Teatro quando ocupou os cargos de prefeito e, em seguida, governador do Estado de São Paulo. Hoje o modelo pedagógico da escola paulista é referência em outros países como a Suécia e a Finlândia.

Para o secretário Leandro Carvalho, a integração de Mato Grosso com outros estados e outros países é fundamental. Essa interlocução global já começou com a assinatura de um Termo de Colaboração com a Universidade da Finlândia na noite de abertura da MT Escola de Teatro. A partir de fevereiro haverá um intercâmbio entre alunos e professores do Brasil e daquele país.

“É importante que Mato Grosso faça parte desse processo em trocas contínuas de conhecimento”, observou o secretário. “Isso vai abrir um horizonte enorme para o nosso campo e o mercado de trabalho. Um dos grandes objetivos da escola, muito mais que a formação do ator e diretor, é ter o teatro como fonte geradora de emprego, riqueza e renda em outros segmentos que vão além das artes cênicas”.

Dialogar com a classe cultural, artistas e técnicos e colocar no mercado pessoas que possam fazer crescer a cultura regional é, para o ator Justino Astrevo, um dos pontos fortes da MT Escola de Teatro. “É importante ter uma escola aberta, dinâmica, que consiga ler e interpretar a nossa cultura e a nossa realidade para fazer um teatro também com a nossa cara”, ressaltou. “Temos um processo cultural importante e uma cultura riquíssima. Uma escola que interprete a nossa realidade e consiga ser um processo dinâmico de formação e informação, de troca e diálogo, contribuirá de maneira ímpar para que possamos sobreviver da nossa arte”.

Respeito às diversidades e diferenças do pensamento está dentro dos princípios da SP Escola de Teatro, segundo enfatiza o diretor Ivam Cabral. “A escola trabalha com a perspectiva de acesso. Pensamos de forma horizontal e acreditamos no outro”, observa.

Os cursos

A MT Escola de Teatro vai oferecer ao todo 50 vagas para os seguintes cursos:

Atuação (20 vagas): Neste curso o estudo está voltado à formação de atores com ênfase no domínio e consciência da cena para que esse artista, tanto dialogue com as orientações gerais da encenação, definidas pelo diretor e toda a equipe, como possa assumir a responsabilidade pelo desenvolvimento de seu processo criativo de forma independente em suas pesquisas e opções estéticas. O curso pretende estimular a consciência da função social do artista, a capacitação de seu corpo e voz para expressão bem como para a sensibilidade crítica do ator para o mundo contemporâneo.

Cenografia e figurino (5 vagas): O curso capacitará os interessados em ingressar profissionalmente na área de cenografia e figurino, desenvolvendo habilidades críticas, técnicas e artísticas. As aulas teóricas e práticas são complementadas por meio de contato com diversos profissionais experientes do setor.

Direção (5 vagas): O curso prepara e instrumentaliza encenadores para o fazer teatral, enfatizando a visão crítica e ampla sobre a sociedade e as possibilidades da encenação contemporânea. Este curso oferece caminhos criativos e teóricos para que os encenadores saibam lidar com todos os âmbitos da cena teatral. Conhecimentos como a ordenação do fluxo do trabalho cênico, experimentações envolvidas no processo de criação teatral, procedimentos para o fazer criativo e a busca por uma expressão teatral singular fazem parte das propostas do curso. Estão previstos também estudos de diversas perspectivas cênicas contemporâneas. O candidato deverá ter experiência teatral.

Dramaturgia (5 vagas): Visa estimular novas percepções de mundo e diferentes formas de construção textual. Equilibra teoria, técnica e prática, incluindo conteúdos que compõem a base de criação a outras mídias. O curso enfatiza a formação teórica e prática sobre postulados mais recentes no Brasil, como o dramaturgismo.

Iluminação (5 vagas): Qualifica aprendizes interessados na iluminação dentro do âmbito das artes cênicas. Um dos seus propósitos é unir tecnologia de ponta com o que existe de mais artesanal nas maneiras de utilizar a iluminação, ressaltando a criatividade do técnico-artista.

Sonoplastia (5 vagas): Propõe a formação do aprendiz por meio de conhecimentos ligados à comunicação pelo som. Abrange estudos teóricos e práticos de diversos meios de produção de som, como música, ruídos ou voz. Trata-se da formação do sonoplasta com ênfase na dramaturgia sonora, teoria musical, repertório, técnicas em sonoplastia e práticas sonoras.

Produção cultural (5 vagas): Capacita aprendizes fornecendo elementos e ferramentas para subsidiar e estimular a produção cultural em âmbito municipal, estadual e federal. Os principais temas abordados serão o processo de elaboração, viabilização e gestão de projetos culturais, segundo a lógica/metodologia das legislações, políticas de apoio, e incentivo à produção cultural.

Processo seletivo

O processo seletivo acontecerá em duas etapas: A primeira é o preenchimento e envio da ficha de inscrição cujo prazo vai até o dia 30 de novembro. A segunda é de caráter eliminatório, composta por entrevistas presenciais com o objetivo de avaliar o interesse do candidato e a sua disponibilidade de horário para frequentar os dois anos de formação e por dinâmicas teatrais que irão avaliar o potencial artístico dos candidatos nas áreas a que se propõem a estudar.

Esta segunda etapa será realizada por uma banca formada por três profissionais com reconhecida atuação e experiência artística nas artes do palco.

Outras informações no site da Secretaria de Estado de Cultura.

Veja Mais

Um comentário em “MT Escola de Teatro abre inscrições para sete cursos regulares”

  1. Paulo Borges disse:

    Alguém sabe dizer se já acabou as vagas?

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *