https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/10/alan-malouf.jpg

OPERAÇÃO GRÃO VIZIR

Empresário Alan Malouf se entrega à juíza Selma Rosane

Divulgação

O empresário Alan Malouf, dono do buffet Leila Malouf, se entregou à juíza da Vara de Combate ao Crime Organizado de Mato Grosso, Selma Rosane Arruda.

O empresário teve o mandado de prisão preventiva decretado na tarde desta quarta-feira (14), após pedido do Ministério Público do Estado.

Malouf não havia sido localizado pelo Gaeco na sua residência e nem no trabalho.

A prisão de Alan Malouf ocorre dois dias depois do depoimento bombástico do também empresário Giovani Guizardi, réu da Operação Rêmora.

No depoimento, Guizardi disse que Alan Malouf ‘investiu’, por fora, cerca de R$ 10 milhões na campanha de Pedro Taques (PSDB) para o Governo do Estado em 2014.

O governador nega que tenha feito caixa 2 e repudia o fato de envolverem o nome dele na Operação Rêmora.

Antes de ser levado para um presídio de Cuiabá, Alan Malouf deve passar no Instituto Médico Legal (IML) para fazer exames de corpo delito.

No depoimento dado por Giovani Guizardi, Alan Malouf era um dos que ficava com 25% da propina paga em contratos da Secretaria de Educação de Mato Grosso, sob a administração de Permínio Pinto (PSDB).

 

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *