https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/07/algemas-e1524844605820.jpg

FORA DE CIRCULAÇÃO

Dupla é presa após roubar cerca de 100 cabeças de gado em Mato Grosso

Ilustrativa

Dois homens acusados de furtarem gado em propriedades rurais nos município de Porto Alegre do Norte (1.125 km a Nordeste), e Canabrava do Norte (1.215 km a Nordeste), foram presos pela Polícia Judiciária Civil.

A ação resultou também na recuperação de cerca de 100 animais, armas de fogo e material usado para marcar o rebanho.

Os suspeitos, A. J. F. e S. M. N.,  foram autuados em flagrante pelos crimes de furto, associação criminosa e posse ilegal de arma de fogo.

As investigações iniciaram após registros de boletins de ocorrência referente furtos de gado em fazendas na região.

Os policiais identificaram S. M. N. como o autor dos furtos dos rebanhos e A. J. F. , o receptador dos animais.

Nas propriedades dos envolvidos, a Polícia Civil encontrou grande quantidade do gado subtraído das vítimas e também duas armas de fogo e material usado para suprimir as marcas originais e remarcar os bois.

De acordo com o delegado Porto Alegre do Norte, Marcelo Henrique Maidame, os policiais civis continuam em campo juntamente com as vítimas, para recuperar todos os animais furtados, que ainda estão sendo contabilizados.

“As investigações continuam pelas suspeitas de se tratar de um grupo criminoso, que vem agindo na região, causando grandes prejuízos aos fazendeiros”, comentou o delegado Marcelo Henrique Maidame.

“As fortes chuvas estão dificultando os trabalhos dos policiais civis de Canabrava e Porto Alegre do Norte, pois o gado está espalhado em várias fazendas. No entanto, as investigações estão sendo realizadas graças ao empenho e dedicação dos servidores das duas delegacias de polícia”, destacou Marcelo Henrique Maidame.

Os presos serão interrogados e autuados em flagrante e depois encaminhados para audiência de custódia, ficando à disposição do juízo da Comarca de Porto Alegre do Norte.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *