https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/12/Chico_2000.jpg

CASA DOS HORRORES

Acusado de estupro, vereador Chico 2000 não teme ser cassado pela Câmara

O vereador reeleito Chico 2000 (PR), que é investigado pelo suposto crime de estupro de vulnerável, compareceu à cerimônia de diplomação na noite da última quinta-feira (15) e afirmou que assumirá o cargo na Câmara Municipal em janeiro e não teme a cassação. “A cassação deve ser imposta ao culpado. Eu não sou culpado”, declarou.

O parlamentar foi solto a tempo de participar da cerimônia que diplomou o prefeito, o vice prefeito e os vereadores eleitos este ano, além de seus suplentes.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Eduardo Botelho, existe a possibilidade de que Chico 2000 teria abusado sexualmente de mais crianças e adolescentes.

O vereador afirma que desconhece esses casos. “Quero dizer que respeito todas as decisões até aqui tomadas. Não sei sobre essas novas denúncias. Ele [delegado Eduardo Botelho] é quem deve responder à sociedade. Não posso responder sobre algo que não conheço. O delegado talvez tenha buscado no além alguém para respaldar essas acusações”, afirmou.

A noiva do vereador, Fernanda Oliveira da Costa, que é mãe da menor que denunciou o parlamentar, afirmou que a filha errou em inventar a história de que foi molestada pelo padrasto.

“Ele é inocente de todas essas acusações. Sou mãe e, com muita dor, digo que a minha filha errou. Tenho plena convicção de que ela está crescendo e terá consciência dos erros que cometeu. Ela mesma irá pedir perdão ao Chico em relação a essas acusações. Tenho certeza de que ela foi induzida a fazer essa acusação”, disse.

O parlamentar foi diplomado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) para seu quarto mandato e afirmou que dia 1º estará na Casa de Leis.

“Estou aqui para ser diplomado, fazendo jus e respeitando os 3.620 votos que tive, da mesma forma como sempre os respeitei. Estou de licença da Câmara e vou aproveitar esses dias até o começo do próximo mandato para reorganizar minha vida”, disse.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *