DECISÃO JUDICIAL

Percival Muniz corre risco de ser preso caso mande acender iluminação de ponte em Rondonópolis

O prefeito Percival Muniz (PPS) deve terminar a sua gestão um pouco chateado.

É que o alcaide foi notificado pela Justiça para não colocar iluminação na ponte sobre o rio Vermelho, sob o risco de ser preso, caso descumpra a decisão judicial.

Segundo Muniz, o motivo da proibição é que as luzes poderiam prejudicar os peixes.

Segundo o jornal A Tribuna, de Rondonópolis, ao todo, a prefeitura deve gastar mais de R$ 16 milhões com o projeto de iluminação e da Avenida beira-rio.

Ainda de acordo com a reportagem, a licitação do projeto de iluminação dessas duas obras teve como empresa vencedora a Engeluz Iluminação e Eletricidade, com sede no Paraná.

O contrato foi assinado em 5 de julho deste ano e a ordem de serviço foi dada em 31 de agosto deste ano.

Conforme o secretário municipal de Infraestrutura, Melquíades Netto, tanto a ponte como a nova avenida receberão uma iluminação com lâmpadas de led branca, diminuindo o consumo de energia elétrica e integrando-se ao projeto do Parque da Seriema.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *