https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/12/Derf-recupera-R-50-mil-em-mechas-de-cabelo-roubadas-de-salão-em-Cuiabá.jpg

TRÊS PRESOS

Polícia Civil recupera R$ 50 mil em mechas de cabelo roubadas em Cuiabá

Cinquenta e seis mechas de cabelo natural, avaliadas em aproximadamente R$ 50 mil e roubados de um salão na região central da Capital foram recuperados pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá, nesta quarta-feira (21.12).

Duas mulheres, G. M., 30, envolvida no roubo e N. C. P. de O., 31, acusada de receptação foram presas na ação.

Um jovem que atuou no roubo foi detido no dia do crime.

O roubo aconteceu no dia 15 de dezembro, em um salão de cabelos naturais, no bairro Centro Norte da Capital.

Na ocasião, G. M. e o seu comparsa, K. F. P. da S., 19, entraram no estabelecimento, se passando por clientes.

Enquanto eram atendidos, o suspeito tirou da cintura uma arma de fogo e anunciou o assalto.

Na ação criminosa, os suspeitos subtraíram diversos apliques de cabelos além de exigir joias e objetos de valor das vítimas

Logo após o roubo, K. F. P. da S. foi detido por policiais militares na Praça da República, em posse de um revólver calibre 38 e com joias e aparelhos celulares subtraídos no assalto.

Em continuidade as investigações, uma equipe da Derf recebeu informações de que uma pessoa venderia mechas de cabelo, produtos do roubo ocorrido no dia 15 de dezembro.

Segundo a denúncia, a suspeita, N. C. P. de O., iria na tarde desta quarta-feira (21), até uma academia no bairro Cidade Verde, para comercializar os produtos.

A equipe abordou a suspeita no momento em que ela chegou a academia em uma motocicleta Honda Biz.

Em busca no baú do veículo, policiais encontraram duas mechas de cabelo.

Questionada, N. C. P. de O. disse que apenas estava vendendo o produto para sua amiga G. M. e que levaria os investigadores até a casa da suspeita, onde estavam guardadas outras mechas.

Na residência de G. M., no bairro Jardim Independência, os policiais encontraram mais 54 mechas de cabelo e um relógio dourado.

As duas mulheres foram conduzidas a Derf.

Diante do flagrante, a vítima e proprietária do estabelecimento compareceu a delegacia e reconheceu os cabelos como os subtraídos no roubo.

Após serem ouvidas, G. M. responderá em inquérito policial pelo crime de roubo e N. C. P. de O. foi autuada em flagrante pelo crime de receptação.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *